Tudo Bahia
Portal de Notícias

Como pedir o BPC pelo Meu INSS e sem sair de casa

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um direito de muitos cidadãos. No entanto, devido à pandemia, muitos brasileiros possuem receio de solicitar o benefício presencialmente. Por isso, saiba como pedir o BPC pelo aplicativo Meu INSS ou pelo site.

O BPC é considerado um benefício assistencial. Portanto, não é necessário que o indivíduo tenha contribuído com o INSS para poder solicitar os repasses. Basta seguir os requisitos que explicamos no final da matéria.

Como pedir o BPC pelo Meu INSS

Para pedir o BPC pelo Meu INSS, siga os passos abaixo:

  • Baixe o aplicativo do Meu INSS (iOS ou Android) ou acesse o site do Meu INSS.
  • Em seguida, informe o CPF e a senha de acesso (se não tiver senha, crie uma);
  • Clique em entrar;
  • Se a senha estiver correta, uma nova página se abrirá;
  • Agora, vá em “Agendamentos/Solicitações”;
  • Aperte em “Novo Requerimento”;
  • Vá em “Pesquisar” e digite “Benefício Assistencial ao Idoso”;
  • Depois, clique em “Avançar”;
  • Em seguida aparecerá uma página informando todas as regras do benefício;
  • Leia as normas atentamente e selecione “Declaro que li e autorizo o uso dos dados”;
  • Por fim, vá em “Avançar”.

Será solicitado os documentos pessoais do interessado. Eles podem ser enviados também de forma online.

O que é o BPC e quem pode receber

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um repasse feito de forma mensal ao indivíduo que tenha uma renda familiar menor que um quarto do salário mínimo em vigor e que tenha pelo menos 65 anos ou não possa trabalhar por algum impedimento médico.

Ao mesmo tempo, o BPC não realiza pagamentos de 13° salário e também não pode ser herdado. Como se trata de uma assistência, se o beneficiário falecer, não haverá pagamento aos descendentes como ocorre na previdência, por exemplo.

Além da opção online, o é possível solicitar os pagamentos uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município com os documentos pessoais em mãos. Um responsável fará a análise e encaminhará o pedido ao INSS.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais