Tudo Bahia
Portal de Notícias

É possível receber Bolsa Família e auxílio emergencial ao mesmo tempo?

A previsão para os próximos meses é de que a última parcela do auxílio emergencial seja paga e o Bolsa Família se transforme no Auxílio Brasil.

Bolsa Família e auxílio emergencial são dois benefícios de transferência de renda do governo federal que não permitem acúmulo. Os critérios do governo avaliam qual o mais vantajoso para o beneficiário que está vinculado ao Bolsa Família e, assim, é concedido p respectivo benefício.

A previsão para os próximos meses é de que a última parcela do auxílio emergencial seja paga e o Bolsa Família se transforme no Auxílio Brasil. Com isso, haverá a integração de alguns benefícios às famílias em um único programa subsistente. A partir do lançamento do programa, quem já recebia o Bolsa Família não precisará se cadastrar.

A maioria dos beneficiários do Bolsa Família recebem o auxílio emergencial, pois os valores superam aqueles pagos no programa.

O que muda com o Auxílio Brasil

O governo apresentou a Medida Provisória que cria o novo programa e agrupa os demais benefícios consolidados. A estimativa é de que chegue ao valor de R$ 300,00 com os demais benefícios que se agregam. Pelo menos 12 benefícios serão incrementados no novo programa, sendo eles os seguintes:

  • Benefício Primeira Infância;
  • Benefício Composição Familiar;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza;
  • Auxílio Esporte Escolar;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior;
  • Auxílio Criança Cidadã;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana;
  • Benefício Compensatório de Transição;
  • Emancipação e microcrédito;
  • Alimenta Brasil.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais