Tudo Bahia
Portal de Notícias

Neste ano, haverá 13º salário para inscritos no Auxílio Brasil? Entenda

O benefício foi concedido anteriormente aos inscritos no Bolsa Família. O 13º salário do Auxílio Brasil será liberado em 2021?

Após a extinção do programa de distribuição de renda, o Bolsa Família, e criação do Auxílio Brasil, os beneficiários ficaram em dúvida sobre o 13º salário. Em 2019, o pagamento foi realizado, mas será que em 2021 haverá a liberação do 13º salário do Auxílio Brasil?

Essa foi uma das promessas de campanha do então candidato a presidência, Jair Messias Bolsonaro. Em 2019, houve a liberação do décimo terceiro salário aos beneficiários do Bolsa Família, que foi uma parcela normal do benefício sem aumentos ou descontos.

A liberação foi possível através de uma Medida Provisória assinada por Bolsonaro. Em 2020, no entanto, o benefício deixou de ser concedido.

13º do Auxílio Brasil será pago em 2021?

Após muitas especulações, o Auxílio Brasil foi criado em outubro deste ano e o primeiro pagamento foi liberado no dia 17 de novembro de 2021. Inicialmente, o benefício está contemplando apenas os inscritos no Bolsa Família, que estavam recebendo o benefício extinto. De acordo com informações do governo federal, os demais beneficiários serão inseridos no programa a partir de dezembro.

Quanto ao pagamento do 13º salário do Auxílio Brasil, no entanto, não há nenhuma movimentação nesse sentido. Apenas houve um aumento do benefício em relação ao Bolsa Família, que está pagando, em média, R$ 217,18.

O governo federal havia anunciado, no entanto, um benefício com valores maiores e que agregassem mais beneficiários. Contudo, as promessas até agora não foram cumpridas. A expectativa do governo é que a PEC dos Precatórios seja aprovada e o valor de R$ 400 prometidos sejam pagos. Até o momento, a PEC passou na Câmara dos Deputados, mas pode sofrer resistência junto ao Senado Federal.

A medida provisória que instituía o pagamento do 13º salário do Bolsa Família (atual Auxílio Brasil) teve tentativa de modificação na Câmara. Isso para que fosse algo contínuo. Contudo, a proposta acabou sendo deixada de lado.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais