Tudo Bahia
Portal de Notícias

Como consultar o abono PIS/Pasep? Veja se você recebeu o benefício em 2022

Os valores a serem recebidos podem chegar a R$ 1.212,00.

Para aqueles trabalhadores que ainda não realizaram o saque em 2022 do abono PIS/Pasep do ano-base 2020, o dinheiro continua disponível. O valor devido muda de acordo com o tempo de trabalho formal que a pessoa teve no ano de referência e pode chegar a um salário mínimo nacional (R$ 1.212,00).

Apesar de o valor não ser baixo, cerca de 480 mil trabalhadores ainda não retiraram seu saldo. Para ajudar quem estiver com dúvidas se tem esse direito, apresentamos a seguir o passo a passo para realizar a consulta do PIS/PASEP.

Modalidades de consulta ao abono PIS/Pasep

  • Através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital (disponível para Android ou iOS). Após fazer o login, vá até a aba “Benefício” e clique em “Abono PIS/PASEP” e selecione “Consultar”. Lembrando que, para utilizar essa funcionalidade, é necessário possuir uma conta gov.br.
  • Ligando diretamente para a Central do Trabalhador, no telefone 158. Lembre-se de separar seus documentos pessoais, porque esses dados serão solicitados a fim de evitar fraudes.
  • Escrevendo um e-mail para: trabalho.uf@economia.gov.br. Se escolher essa opção, é necessário trocar o “uf” logo antes da arroba pela sigla no seu estado (por exemplo, quem mora em Pernambuco, deve mandar para o seguinte e-mail: trabalho.pe@economia.gov.br).

Caso você possua direito ao abono, fique atento, pois a data limite para movimentar o dinheiro neste ano é 29 de dezembro.

Os critérios para ser contemplado podem ser conferidos neste outro texto que publicamos por aqui.

Após verificar seu cadastro e ler os requisitos, caso ainda não tenha tido sua solicitação analisada através dos meios acima — ou discorde das informações recebidas —, também é possível ir pessoalmente a uma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais