Tudo Bahia
Portal de Notícias

Diego Maradona morre aos 60 anos em Buenos Aires 

O mundo do futebol está mais triste nesta quarta-feira (25/11). Morreu o ex-jogador e ídolo argentino, Diego Armando Maradona. Aos 60 anos de idade, em Tigre, região metropolitana de Buenos Aires, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. A primeira informação foi do jornal Clarín.

Recentemente, o ex-jogador havia preocupado seus familiares, amigos e fãs por causa de uma cirurgia que teve de fazer na cabeça por causa de uma hemorragia. Segundo a equipe médica, o procedimento foi um sucesso. No entanto, dias depois, ainda debilitado, Maradona acabou passando mal e faleceu.

Diego Maradona nasceu em Lanús, na Argentina, em 30 de outubro de 1960. Era um meia que também jogava no ataque. Mesmo sendo baixo, com 1,65m, era muito rápido e tinha uma grande habilidade em sua perna esquerda. Por conta de suas façanhas em campo era chamado de “Díos” ou “D10s” (Deus, em português) pelos argentinos.

Polêmicas e problemas de saúde

Ao longo de sua carreira, Maradona se envolveu em várias polêmicas. Já chegou a dizer que o falecido ditador de Cuba, Fidel Castro, era seu ídolo. Também já falou para o Vaticano doar todo o seu ouro para ajudar as pessoas.  

Desde que se aposentou dos gramados, Maradona também foi notícia por diversos problemas de saúde decorrentes de seus hábitos de vida. O ex-atleta se envolveu com drogas e já teve dificuldades em lidar com o álcool. Portanto, manchetes sobre a saúde Diego eram constantes. 

Maior ídolo do futebol argentino

Diego Maradona é o maior ídolo do futebol argentino. Com a camisa da Seleção Argentina, Diego conquistou a Copa do Mundo de 1986, sendo o melhor jogador do torneio. Foi naquela Copa que ele se eternizou em dois lances geniais contra a Inglaterra. O ex-jogador fez um gol de mão, apelidado depois de a “Mão de Deus” e também marcou um golaço ao driblar metade do time inglês desde o meio do campo.

O meia ainda disputou os mundiais de 1982, 1990 e 1994. Em 1990, inclusive, levou sua seleção para a final, mas ele e seus companheiros perderam para a Alemanha. Sua despedida da seleção foi polêmica e ocorreu na Copa de 94 após ter sido pego no exame antidoping.

Carreira nos clubes

Maradona surgiu para o futebol no Argentino Juniors. De lá foi para o maio clube da Argentina, o Boca Juniors, seu time do coração. A cada jogo se destacava mais e logo se tornou um ídolo do clube e até de quem torcia por times rivais. 

Em seguida, Diego foi contratado pelo Barcelona e depois foi para o Napoli, onde também teve uma grande identificação com a torcida. Antes de se aposentar pelo Boca, na Bombonera, em 1998, Maradona teve passagens pelo Sevilla e pelo Newell’s Old Boys. 

Números de Diego Maradona

  • 679 jogos;
  • 346 gols oficiais;
  • Copa do Mundo de 1986 (Argentina);
  • Vice da Copa do Mundo de 1990 (Argentina);
  • Campeonato Argentino: Metropolitano 1981 (Boca Juniors);
  • Copa do Rei de 1983 (Barcelona);
  • Copa da Liga Espanhola de 1983 (Barcelona);
  • Supercopa da Espanha de 1983 (Barcelona);
  • Copa da UEFA de 1989 (Napoli);
  • Campeonatos Italianos de 1987 e 1990 (Napoli);
  • Copa da Itália de 1987 (Napoli);
  • Supercopa da Itália de 1990 (Napoli).
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais