Tudo Bahia
Portal de Notícias

Empréstimo do Bolsa Família: veja quem pode solicitar

Poucas pessoas sabem, mas os beneficiários do Bolsa Família, além de ter direito ao auxílio financeiro, também podem realizar empréstimo por meio do programa social. A opção de microcrédito está dentro do Plano Progredir.

O programa Bolsa Família foi criado em 2003 pelo Governo Federal e atualmente conta com 13 milhões de famílias inscritas em todo país.

Além do auxílio na renda, as famílias que recebem o Bolsa Família passaram a contar com uma linha de crédito, conhecida como microcrédito. A ideia do programa Progredir é ajudar na ampliação de renda com:

  • Desenvolvimento de pequenos negócios;
  • Melhorar as condições de moradia e educação da família;

Quem pode solicitar o empréstimo Bolsa Família?

O empréstimo do Bolsa Família foi uma modalidade de microcrédito, criada em 2007. O objetivo é proporcionar uma melhoria na vida dos beneficiários.

Para isso, o projeto concede empréstimos de até R$ 15 mil para os solicitantes que estejam devidamente inscritos e que possuam os dados atualizados no Cadastro Único, para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Podem solicitar o empréstimo Bolsa Família, os beneficiários que atendam os seguintes requisitos:

  • Possuir outra renda além do benefício, como um emprego formal (sob o regime CLT, de carteira assinada);
  • Estar ciente sobre a fiscalização e permitir a visita de algum fiscal do programa;
  • Ter um fiador.

O fiador representa a parte essencial para solicitar o empréstimo, pois quando o solicitante não paga as parcelas, é o fiador que terá de arcar com as despesas.

O valor dos juros cobrado pelo programa irá corresponder à quantidade de parcelas, valor e situação de renda do solicitante. Apesar disso, o empréstimo do Bolsa Família pode ser uma alternativa interessante para os beneficiários aprovados.

Bolsa Família

Bolsa Família é um programa do Governo Federal, criado desde 2004 que objetiva auxiliar as famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, garantindo o acesso à saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Os principais objetivos do programa Bolsa Família são:

  • Auxiliar no combate da fome, além de promover a segurança alimentar e nutricional;
  • Ajudar no combate da pobreza e outras formas de privação das famílias;
  • Promover o acesso à rede de serviços públicos, em especial a saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Podem se beneficiar com o programa famílias em situação de pobreza (renda por pessoa entre R$ 89,01 a R$ 178,00) ou extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89,00 por mês) e que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais