Tudo Bahia
Portal de Notícias

Praça do século II é descoberta debaixo do chão em Roma

Um problema no sistema de esgoto no centro histórico de Roma abriu uma cratera no chão revelando a existência de uma praça do século II escondida.

No último dia 7 (quinta-feira), um rompimento no sistema de esgoto na Piazza della Rotonda revelou uma praça do século II em Roma. De acordo com informações do Corriere de la Serra, isso aconteceu quando uma cratera se abriu próxima ao Panteão. Por causa do ocorrido, sete lajes de pavimento ficam visíveis, chamando a atenção de arqueólogos. Assim foi encontrado o marco datado do tempo do Imperador Adriano.

Quem ficou responsável pela escavação foi a arqueóloga Marta Baumgartner. Segundo ela, a praça, aproximadamente entre os anos 117 e 138 a.C., foi identificada na década de 1990 durante a instalação de cabos elétricos no local. Contudo, a grande movimentação turística impediu estudos mais aprofundados. O que fez com que a descoberta fosse apenas registrada e fechada novamente.

De acordo com Daniela Porro, membro do time de escavação, essa “é uma demonstração inequívoca de quão importante é a proteção arqueológica, não apenas como uma oportunidade de conhecimento, mas como parte fundamental para a preservação dos testemunhos de nossa história, patrimônio inestimável da cidade de Roma”.

Sabe-se que o marco histórico tem dimensão 120 metros por 60 metros. Acredita-se que a praça do século II tenha sido utilizada durante muito tempo e depois tapada na Idade Média. “O mais interessante é que o local foi encontrado intacto, protegido por uma fina camada de um material vulcânico usado para criar cimento, assim há mais de vinte anos. Isso significa que a proteção arqueológica funciona”, afirmou Baumgartner.

Considerando as questões de isolamento social por causa da pandemia de coronavírus, que diminuiu a circulação de pessoas, a praça do século II será mais investigada. No entanto, muito provavelmente a cratera será fechada, tampando a descoberta.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais