Tudo Bahia
Portal de Notícias

Estudo chinês afirma que ar-condicionado pode espalhar coronavírus

Caso em restaurante na China fez cientistas concluírem que ar-condicionado deve ser evitado durante pandemia em locais de aglomeração.

Um estudo divulgado por cientistas chineses chegou ao resultado de que aparelhos de ar-condicionado ajudam a espalhar o novo coronavírus. O artigo foi publicado no periódico Emerging Infectuous Diseases que faz parte do Centro de Controle de Prevenção de Doenças cuja sigla em inglês é CDC.

De acordo com os pesquisadores, uma pessoa infectada com o coronavírus foi da cidade de Wuhan, primeiro epicentro da doença, até a cidade de Guangzhou. Por lá, o infectado foi até um restaurante com cerca de 145m², contendo pouco mais de 80 pessoas.

Dias depois, três famílias que estavam no estabelecimento tiveram casos de coronavírus. Ao todo, foram contabilizados 10 infectados.

A principal suspeita dos cientistas é a de que em um dado momento, gotículas provindas do infectado teriam sido espalhadas pelo fluxo de ar do sistema de ar-condicionado. Isso porque as mesas entre o primeiro paciente e as mesas das famílias possuíam uma distância considerável, sendo todas maiores de um metro.

Como as gotículas não conseguiriam se sustentar no ar por muito tempo, elas só poderiam ser transportadas pelo vento. Mas, o ambiente é fechado. Por isso, a única explicação possível seria a corrente provocada pelo ar-condicionado. Isso também pode ser o motivo de que outras pessoas presentes não teriam sido afetadas.

Apesar das três famílias que foram contaminadas, no restaurante ainda tinha mais 73 clientes. Nenhum deles apresentaram sintomas da COVID-19. Mesmo assim, na época, por precaução, todos tiveram de fazer quarentena para evitar que a doença pudesse ser espalhada.

O que fazer para evitar o vírus

De acordo com os cientistas, é importante que haja uma forte vigilância do ambiente do restaurante. Sendo assim, os proprietários do local devem ficar de olho nos aparelhos de ar-condicionado e procurar formas alternativas de regular a temperatura.

Além disso, é recomendável que a distância entre as mesas seja ampliada. No caso, também é relevante que o consumidor procure por locais mais arejados e de preferência se sente em locais aberto.

Leia o artigo sobre ar-condicionado

O artigo está disponível, em inglês, no site do CDC.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais