Tudo Bahia
Portal de Notícias

Cachorros mais lerdos do mundo; confira lista com 4 raças

Muita gente acha que todos os cães são animados e vão dar uma canseira no tutor. Veja aqui alguns exemplos que mostram como não é bem assim.

Quando pensamos numa casa com cachorro, logo já nos vem à mente um ambiente agitado, com muita correria e barulho. Afinal, esses animais muitas vezes são retratados na Cultura Pop como bagunceiros cheios de energia e animação.

Para aqueles tutores com um ritmo de vida mais tranquilo, que só de pensar em ter um pet já se sentem cansados, fizemos a lista a seguir. Veja quais cães vivem em ritmo desacelerado:

1. Bulldog Inglês

Famoso pela cara de mau e pelo nariz achatado (braquiocefálico), esse baixinho atarracado é muito forte, mas não é fã de se esforçar. Inclusive, possui uma tendência à obesidade por não ser adepto da prática de esportes.

Para melhorar a qualidade de vida dessa raça é importante que o tutor e a família se empenhem em passeios e brincadeiras que ajudem o preguiçoso a se movimentar.

2. Basset Hound

Essa raça aparece descrita desde o séc. XVI em alguns documentos franceses. Um farejador nato, costuma ser teimoso e muito amigável com toda a família, inclusive crianças.

Apesar de gostar de brincadeiras, esses cães são lentos, com passadas curtas e raramente correm. Então é importante, para evitar problemas de saúde, que o tutor faça passeios diários para manter seu pet ativo.

3. Bloodhound

Também chamado de cão de Santo Humberto, é naturalmente paciente, calmo e sociável. Por ter sido desenvolvido para caça, possui bom faro e gasta muito tempo usando essa habilidade. Entretanto, nunca fez sucesso entre as forças de segurança e resgate justamente por fazer tudo no seu próprio ritmo (bem lerdo, por sinal).

4. Dogue alemão

Um verdadeiro gigante gentil. Essa raça pode chegar a ter 80 cm de cernelha, então a sua postura assusta qualquer um que se aproxime de seu território. Porém, apesar do tamanho, são cachorros muito calmos e sociáveis com todos à sua volta.

Se você quer um cão mais calmo e que não viva pulando pela casa, estude um pouco sobre esses companheiros tranquilos e escolha qual vai ocupar o espaço da sua casa e da sua vida. Só não esqueça que todo o processo de escolha e recepção do novo morador canino deve ser acompanhado por uma veterinária de confiança.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais