Tudo Bahia
Portal de Notícias

Tratamento da depressão com uso de spray nasal é aprovado pela Anvisa

No início de novembro (03/11), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o primeiro spray nasal para o tratamento da depressão. O objetivo desse medicamento é reduzir rapidamente os sintomas depressivos em pessoas adultas que tenham um comportamento suicida agudo. O preço do medicamento ainda não foi definido no Brasil.

De acordo com os fabricantes da droga, o uso da escetamina intranasal é indicado para os casos de depressão resistente ao tratamento (DRT). Ou seja, os pacientes que não tiveram boas respostas com tratamentos para depressão anteriores, ou com pensamentos e comportamentos suicidas constantes.

O spray para tratamento da depressão foi desenvolvido pela Janssen, empresa farmacêutica do grupo Johnson & Johnson. O efeito rápido na resposta do cérebro é o que diferencia esse método dos outros. Esse pronto é essencial para nos casos de pacientes com pensamentos suicidas.

Segundo informações divulgadas na revista Jama Psychiatry, o diferencial do medicamento é que ele começa a agir dentro de poucas horas. Diferentemente dos antidepressivos comuns que dependem de um uso estendido de três meses de terapia para apresentar resultados. Então, a indicação é que esse novo método de tratamento da depressão seja usado junto com o antidepressivo oral.

Os medicamentos orais disponíveis hoje atuam nas monoaminas (serotonina, dopamina e noradrenalina). Já o spray inalável atua nos receptores de glutamato N-metil-D-aspartato (NMDA), dessa forma ele ajuda a refazer as conexões sinápticas (as comunicações celulares ou sinapses) em células cerebrais de pessoas com depressão.

Dados coletados entre 2015 e 2018 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) apresentaram aumento no número de atendimentos ambulatoriais e de internação em consequência de depressão no Brasil. Um crescimento percentual de 52%, de 79.654 para 121.341 atendimentos. Quando se toma em consideração a faixa etária, os casos se multiplicaram em 115%, de 12.698 para 27.363 atendimentos de pacientes entre 15 e 29 anos.

Resultados no tratamento da depressão

As pesquisas com o spay observaram a forma como a escetamina junto com a terapia convencional agiam nos pacientes. A pesquisa clínica na fase três constatou a diminuição dos sintomas depressivos em até 24 horas após a primeira dose do spray. E dentro do período de um mês, 70% os pacientes que usaram esse método de tratamento da depressão tiveram melhoras nos sintomas mais críticos.

Apesar disso, o inalante nasal não consegue fazer um tratamento preventivo do suicídio ou diminuir a ideação ou comportamento suicida. Desse modo, o uso do novo método não previne os casos dos pacientes que precisam ser hospitalizados sob indicação clínica.

Reções adversas ao spray

Durante o uso da escetamina, os principais efeitos colaterais observados pelos farmacêuticos foram os seguintes: dissociação, tontura, náusea, sedação, sensação de girar, visão embaçada, sentido reduzido de toque e sensação, ansiedade, falta de energia, pressão arterial elevada, vômito, parestesia e sensação de embriaguez.

Por isso, para garantir que a escetamina nasal seja usada de forma correta, o spay sempre será administrado com o acompanhamento de um profissional da saúde. E só poderá ser usada em hospitais e clinicas autorizadas.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais