Tudo Bahia
Portal de Notícias

WhatsApp vai parar de funcionar em vários aparelhos; veja!

Aplicativo deixará de funcionar em aparelhos mais antigos. Saiba como atualizar o software do seu sistema operacional.

Nesta sexta-feira (01/01), o aplicativo de mensagens WhatsApp vai parar de funcionar em vários aparelhos celulares. O corte ocorrerá em todo o mundo e será efetuado em smartphones antigos, com sistemas operacionais que não conseguem mais suportar a ferramenta.

De acordo com o site GizChina, especializado em notícias da área, quem tiver a versão do Android inferior à 4.0.3 ou do iOS anterior à 9, não conseguirá mais utilizar o WhatsApp, sendo necessário atualizar o sistema operacional ou mesmo trocar de celular.

Como saber qual a minha versão do sistema operacional

Para saber qual a sua versão do sistema operacional é bem simples. Para smartphones que utilizam o Android, o usuário deve:

  • Ir em “Configurações”;
  • Depois deve acessar “Sistema”;
  • Em seguida conferir a versão onde está escrito “atualização do sistema”. Inclusive, este é o passo já para poder atualizar seu Android, caso queira.

Para quem utiliza o iOS:

  • Vá em “Ajustes”;
  • Depois em “Geral”;
  • Em seguida clique em “sobre”. Lá estará a versão do seu sistema.

Para atualizar, faça a sequência abaixo:

  • Ir em “Ajustes”;
  • Depois clicar em “Geral”;
  • Por fim, vá em “atualização de software”.

Se o seu celular não for mais capaz de atualizar o sistema e ele estiver enquadrado dentro das versões onde o WhatsApp vai parar de funcionar, a única saída é obter um novo aparelho.

Atualizações no WhatsApp

O WhatsApp vem passando por uma sequência de atualizações nos últimos meses. Recentemente, em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aplicativo adicionou figurinhas para alertar sobre a prevenção contra a pandemia e incluiu papeis de parede personalizados por conversa.

Uma outra atualização começou a ser implementada na versão web. No caso, trata-se da possibilidade de se realizar chamadas de voz ou de vídeo pelo computador. Até então, a ferramenta só estava disponível para os celulares.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais