Tudo Bahia
Portal de Notícias

Gol finaliza acordo para compra de 250 ‘carros elétricos voadores’

Não há uma data precisa para o início das operações, mas estima-se que 50 carros elétricos voadores estarão em operação em 2024.

A companhia aérea Gol fez um acordo com a startup Vertical Aerospace para a aquisição de 250 carros elétricos voadores. Em termos mais técnicos, eles são conhecidos como VA-X4 eVTOL (veículos elétricos com decolagem vertical). A Gol pretende estender sua frota de carros voadores no Brasil para 1.000 unidades até 2026.

Os VA-X4 eVTOL estão em processo avançado de desenvolvimento e homologação. A aquisição dos carros elétricos voadores pela companhia aérea Gol está sendo intermediada pela Avolon, empresa especializada em leasing de aeronaves.

Os valores que envolvem a aquisição dos transportes não foram revelados, mas a companhia aérea tem feito investimentos ousados nesse projeto. A intenção é que os carros elétricos voadores sejam usados, sobretudo, para transportar passageiros até o aeroporto.

Os negócios serão gerenciados pela Comporte e a Gol, que são empresas do mesmo grupo. A primeira vai se ocupar da logística operacional dos veículos, ao passo que a segunda ficará responsável por tomar as decisões a respeito da ampliação do serviço de carona para outros tipos de rota, como trajetos dentro das próprias cidades.

Não há uma data precisa para o início das operações, mas estima-se que 50 carros elétricos voadores estarão em operação em 2024, com previsão de um aumento de mais 200 unidades em 2026.

Carros elétricos voadores

Os carros elétricos voadores são fabricados pela startup britânica Vertical Aerospace. Dentro do mercado desse tipo de veículo, o VA-X4 apresenta particularidades e promete ser um ótimo produto dentro do mercado de carros voadores.

Com autonomia de 160km e velocidade de cruzeiro de 320km/h, essa particularidade torna esse veículo capaz de realizar pequenos voos regionais, dentro de grandes centros urbanos, como a capital paulista.

Mas o principal propósito no qual as companhias aéreas querem empregar os carros elétricos voadores é no transporte de passageiros até os aeroportos. Isso para evitar engarrafamentos e altos gastos com helicópteros.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais