Tudo Bahia
Portal de Notícias

Johnny Depp deixa papel em ‘Animais Fantásticos 3’, que é adiado

O ator Johnny Depp disse que a Warner Bros pediu-lhe para renunciar papel em filme. ‘Animais Fantásticos 3’ será adiado.

Está fora. Após dois filmes atuando como antagonista, Johnny Depp deixa papel no filme ‘Animais Fantásticos 3’. Com isso, o longa teve que ser adiado para 2022.

De acordo com o post do próprio ator em sua rede social, ele teria sido convidado pela Warner a deixar seu papel como Gellert Grindelwald na franquia Animais Fantásticos.

A renúncia de Johnny Depp aconteceu dias depois dele ter perdido uma batalha legal contra o jornal The Sun, que noticiou supostos atos violentos do ator contra a ex-mulher Amber Heard.

Com a saída do astro, a Warner terá que fazer uma grande reformulação em boa parte das cenas do longa e, por isso, anunciou que o lançamento de Animais Fantásticos 3 foi adiado para 2022.

Johnny Depp deixa papel como Gellert Grindelwald

Após dois filmes no papel, o ator não irá interpretar o antagonista em Animais Fantásticos 3.
Ele publicou um comunicado em sua conta na rede social, agradecendo a oportunidade e afirmando que a Warner Bros pediu-lhe para renunciar ao cargo. Confira a publicação na íntegra.

Tradução do pronunciamento de Depp

“À luz dos eventos recentes, gostaria de fazer a seguinte declaração. Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a todos que me presentearam com seu apoio e lealdade. Fiquei emocionado e comovido por suas muitas mensagens de amor e preocupação, especialmente nos últimos dias.

Gostaria de informar que fui convidado pela Warner Bros a renunciar ao meu papel como Grindelwald em Animais Fantásticos, e eu respeitei e concordei com esse pedido.

Por fim, tenho que dizer isso. O julgamento surreal do tribunal em o Reino Unido não mudará minha luta para dizer a verdade e confirmo que pretendo apelar.

Minha decisão continua firme e pretendo provar que as alegações contra mim são falsas. Minha vida e carreira não serão definidas neste momento. Obrigado por ler. Atenciosamente, Johnny Depp”.

Johnny Depp perde ação contra jornal

O ator Johnny Depp moveu ação contra a News Group Newspapers (NGN), que publica o The Sun, e um de seus jornalistas, Dan Wootton, em razão de artigo de 2018 que afirmava que ele teria sido violento com sua ex-esposa, a atriz Amber Heard. Contudo, Depp perdeu a ação.

Em sua defesa, a News Group Newspapers (NGN), disse que se baseou em 14 alegações distintas de violência doméstica, com início em 2013 e a última em maio de 2016. Na sentença divulgada, o juiz apurou que “uma grande maioria” – 12 dos 14 – “supostos incidentes ocorreram”.

Os dois atores, Johnny Depp e Amber Heard, depuseram diante do juiz Andrew Nicol, que proferiu a sentença contra o ator, durante uma audiência de três semanas, expondo suas vidas pessoais tumultuadas e fazendo alegações de abusos domésticos graves, consumo de drogas e casos extraconjugais.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais