Tudo Bahia
Portal de Notícias

Morreu Fernando Vanucci, jornalista e apresentador, aos 69 anos

Nesta terça-feira (24/11), morreu Fernando Vanucci aos 69 anos. A família não divulgou as causas do óbito do jornalista.

Morreu Fernando Vanucci, jornalista, locutor, apresentador e comentarista esportivo. O óbito foi confirmado nesta terça-feira (24/11), em São Paulo. A família não divulgou as causas da morte do jornalista, que tinha 69 anos. O corpo será velado e sepultado no Rio de Janeiro.

De acordo com informações preliminares, o jornalista teria passado mal pela manhã e sido levado ao Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo, mas não resistiu e faleceu em seguida.

Vannucci, que deixa quatro filhos, descobriu que sofria de problemas cardíacos. Em abril do ano passado, o apresentador teve um infarto e precisou colocar um marcapasso. Além disso, segundo informações de amigos, ele estava com depressão, problemas financeiros e contava com o auxílio de familiares.

Morreu Fernando Vanucci: conheça a trajetória do jornalista

Fernando Vanucci nasceu em Uberaba, no estado de Minas Gerais, e começou a trabalhar com comunicação em rádio, ainda adolescente.

Na televisão, ele iniciou a carreira na década de 70, na TV Globo em Minas Gerais. Depois foi transferido para o Rio de Janeiro e, na mesma emissora, apresentou jornais como o Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Gols do Fantástico, entre outros. Ele cobriu seis Copas do Mundo e cinco Olimpíadas. Além disso, ficou marcado pela criação do bordão “Alô, você!”.

Além disso, ele também trabalhou na TV Bandeirantes, TV Record, Rede TV. Desde 2014, ele atuava como editor de esportes na Rede Brasil de Televisão.

Em 2018, o apresentador reforçou a cobertura do UOL para a Copa do Mundo. Ele apresentou o programa “A Rússia é logo ali”, onde comentou as principais notícias da seleção brasileira durante o torneio. “Só de estar vivendo e trabalhando em uma Copa do Mundo, para mim, é uma grande coisa. Copa do Mundo é Copa do Mundo! Muita gente fala dos problemas do Brasil, que ninguém liga para Copa, mas quando começar, tudo muda. É um grande desafio, mas um desafio legal, algo que nunca fiz”, comemorou Vanucci à época.

Em outubro do ano passado, ele concedeu entrevistas onde afirmou estar se recuperando do infarto e negou alguns comentários sobre sua vida, como a depressão a ele atribuída. Além disso, informou que seus problemas financeiros eram os mesmos da maioria da população brasileira.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais