Tudo Bahia
Portal de Notícias

Eleições 2020: 57 cidades terão segundo turno; veja data e horário

Cidadãos de 57 cidades brasileiras terão que ir às urnas novamente para decidir as Eleições 2020. Esse é o segundo turno mais curto de toda a história do país, com data definida no intervalo de apenas duas semanas em relação às primeiras votações.

A mudança excepcional ocorreu devido à pandemia ocasionada pela COVID-19, tendo em vista o novo calendário eleitoral que foi aprovado pelos congressistas. Acompanhe a matéria completa e veja qual a data oficial do segundo turno, bem como a lista de cidades que ainda vão decidir os seus respectivos prefeitos.

Segundo turno das Eleições 2020: data e lista de cidades

Conforme novo calendário eleitoral, o segundo turno das Eleições 2020 deverá acontecer no dia 29 de novembro de 2020 (domingo), das 7h às 17h. O horário de votação foi ampliado devido à pandemia do novo coronavírus. No entanto, vale lembrar que o período entre 7h e 10h é preferencial para quem têm mais de 60 anos de idade.

Veja, abaixo, as 57 cidades que vão levar a disputa para o segundo turno:

  1. Anápolis (GO);
  2. Aracaju (SE);
  3. Bauru (SP);
  4. Belém (PA);
  5. Blumenau (SC);
  6. Boa Vista (RR);
  7. Campinas (SP);
  8. Campos dos Goytacazes (RJ);
  9. Canoas (RS);
  10. Cariacica (ES);
  11. Caucaia (CE);
  12. Caxias do Sul (RS);
  13. Contagem (MG);
  14. Cuiabá (MT);
  15. Diadema (SP);
  16. Feira de Santana (BA);
  17. Fortaleza (CE);
  18. Franca (SP);
  19. Goiânia (GO);
  20. Governador Valadares (MG);
  21. Guarulhos (SP);
  22. João Pessoa (PB);
  23. Joinville (SC);
  24. Juiz de Fora (MG);
  25. Limeira (SP);
  26. Maceió (AL);
  27. Manaus (AM);
  28. Mauá (SP);
  29. Mogi das Cruzes (SP);
  30. Paulista (PE);
  31. Pelotas (RS);
  32. Petrópolis (RJ);
  33. Piracicaba (SP);
  34. Ponta Grossa (PR);
  35. Porto Alegre (RS);
  36. Porto Velho (RO);
  37. Praia Grande (SP);
  38. Recife (PE);
  39. Ribeirão Preto (SP);
  40. Rio Branco (AC);
  41. Rio de Janeiro (RJ);
  42. Santa Maria (RS);
  43. Santarém (PA);
  44. São Gonçalo (RJ);
  45. São João de Meriti (RJ);
  46. São Luís (MA);
  47. São Paulo (SP);
  48. São Vicente (SP);
  49. Serra (ES);
  50. Sorocaba (SP);
  51. Taboão da Serra (SP);
  52. Taubaté (SP);
  53. Teresina (PI);
  54. Uberaba (MG);
  55. Vila Velha (ES);
  56. Vitória (ES);
  57. Vitória da Conquista (BA).

Nas cidades com mais de 200 mil habitantes, os prefeitos são eleitos em primeiro turno apenas quando atingem mais da metade dos votos apurados (sem contar os nulos e brancos). Os demais municípios estão submetidos à maioria simples: ganha quem tiver mais votos válidos logo no primeiro dia de votações.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais