Tudo Bahia
Portal de Notícias

Justiça nega pedido de adiamento do Enem 2020

Juíza afirma que, caso haja elevado risco de contágio, caberá às autoridades sanitárias locais avaliarem o adiamento do Enem 2020.

A Justiça Federal de São Paulo divulgou a negativa quanto ao pedido de adiamento da aplicação das provas Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Dessa forma, seguem mantidos os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 para a versão impressa.

A decisão é da juíza Marisa Claudia Gonçalvez Cucio, da 12ª Vara Cível Federal de SP, que determina que cada município deve levar em consideração o risco de contágio que justifique medidas severas de restrição de circulação. Assim, caberá às autoridades locais impedirem a realização da prova.

Caso haja necessidade de adiamento em determinador municípios, caberá ao INEP reaplicar o exame. Vale lembrar que o exame terá 14 mil locais de prova e 205 mil salas em todo o país.

Adiamento do Enem 2020? Calendário segue mantido!

As provas haviam sido adiadas anteriormente e seguem confirmadas para o mês de janeiro de 2021. Veja agora como ficaram as datas:

  • 17 de janeiro: 1º dia de aplicação do Enem impresso;
  • 24 de janeiro: 2º dia de provas do Enem impresso;
  • 31 de janeiro: 1º dia de aplicação do Enem Digital;
  • 7 de fevereiro: 2º dia de provas do Enem Digital.

A divulgação dos gabaritos será em até três dias úteis depois da realização das últimas provas de cada modalidade (Impressa ou digital).

Confira outras datas previstas referentes ao ENEM 2020:

  • 23 e 24 de fevereiro: Aplicação das provas para aos cidadãos privados da liberdade (Enem PPL);
  • Divulgação dos resultados: 29 de março Enem PPL;
  • 24 e 25 de fevereiro: Reaplicação do Enem 2020.

Versão 2020!

Os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira apontam que 5,68 milhões de estudantes se cadastraram para fazer a prova impressa. Outros 96 mil se cadastraram para a versão digital, que ocorrerá pela primeira vez.

Segundo o Inep, o total representa um aumento de 13,5% em relação ao ano passado.

Além da alteração de datas, o Enem 2020 conta com outras mudanças, como adaptações e medidas de combate à COVID-19. Por exemplo, o uso de máscaras será obrigatório durante toda a aplicação do exame.

O Exame Nacional do Ensino Médio que, geralmente, ocorre no mês de novembro precisou ser adiado por causa da pandemia de coronavírus. Ainda tendo em vista o estado de calamidade pública instaurado no país, quem não puder fazer a avaliação por causa do isolamento social terá nova chance.

Os participantes que estiverem com COVID-19 (ou sintomas) ou outras doenças infectocontagiosas nos dias de realização da prova poderão participar da reaplicação das provas, que vai acontecer nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais