Tudo Bahia
Portal de Notícias

Uber e 99 aumentam tarifa da corrida devido ao preço dos combustíveis; entenda

Com o litro da gasolina custando cerca de R$ 6, os valores foram ajustados para que os motoristas consigam continuar trabalhando.

O aumento do preço dos combustíveis não apenas fez com que muitos motoristas desistissem de trabalhar por aplicativo, mas também acarretou na alta da tarifa das corridas. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o litro da gasolina já passou dos R$ 6 nos postos.

Agora, devido ao alto valor, tanto a Uber quanto a 99 fizeram ajustes nas tarifas das corridas. Em São Paulo, na região metropolitana, o tipo de corrida mais popular da Uber é pela categoria UberX, cujo reajuste pode chegar a 35% já nesta semana.

Em declaração publicada no portal IG, a Uber disse que os preços das corridas ficaram mais altos justamente devido ao valor do combustível, sendo necessário que a companhia reajuste “os ganhos dos motoristas parceiros em diversas cidades, em todas as modalidades”.

Impacto negativo no transporte

A 99 também se pronunciou a respeito do assunto, informando que a porcentagem de reajuste ficou entre 10% e 25% em mais de 20 regiões metropolitanas, atingindo cidades, como: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, São Paulo, Florianópolis, São Luís, Maceió, Salvador, Goiânia e João Pessoa. “Os constantes reajustes dos combustíveis impactaram muito negativamente os serviços de transporte por aplicativo”, declarou a empresa em nota.

A 99 explicou, ainda, que o aumento precisa ser feito para que os ganhos dos motoristas e parceiros também sejam revisados, considerando o equilíbrio do aplicativo e “para possibilitar que a população continue tendo acesso a um meio de transporte financeiramente viável, seguro e eficiente”.

Desde o começo da pandemia da COVID-19, cerca de 25% dos motoristas de aplicativos pararam de trabalhar para as plataformas, de acordo com Eduardo Lima de Souza, presidente da Associação de Motoristas de Aplicativos de São Paulo.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais