Tudo Bahia
Portal de Notícias

Nome sujo: saiba como verificar se o seu CPF está com restrições

De acordo com a Serasa, grande parte das dívidas se concentra em bancos e cartões de crédito. Veja como consultar a situação do seu CPF.

Contas atrasadas e boletos que se multiplicam todos os meses fazem parte da vida de 62,56 milhões brasileiros que estão com o nome sujo, número que corresponde a 30% da população do país, segundo dados da Serasa. A média de dívida por pessoa é de R$ 3,9 mil.

De acordo com a empresa, grande parte das dívidas se concentra em bancos e cartões de crédito. Em seguida, as maiores dívidas se originam da inadimplência com contas do cotidiano dos brasileiros, como as de água, luz e gás.

Outro dado relacionado ao endividamento das famílias brasileiras vem da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com a pesquisa mensal realizada pela CNC, o percentual de famílias com dívidas no Brasil fechou 2020 em alta, já que 66,3% dos grupos familiares relataram estar com alguma dívida.

Esse percentual, contudo, somente se refere àqueles brasileiros que sabem que estão inadimplentes. Ainda existem muitos outros que não sabem que estão com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SPC e SCPC. Ou seja, desconhecem que estão com restrições em seu Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Outras situações também levam os brasileiros a desconhecerem que seu CPF está com restrições, como a ocorrência de fraude, esquecimento de pagar algum boleto, dados desatualizados e até mesmo cobranças indevidas.

Por isso, é importante checar periodicamente a situação do seu CPF nos órgãos de proteção ao crédito para evitar que as dívidas, sejam elas verdadeiras ou indevidas, virem uma bola de neve e fiquem difíceis de negociar. Veja abaixo como fazer essa checagem.

Como saber que o seu CPF está com restrições

  • Serasa: a consulta a esse órgão pode ser feita diretamente no aplicativo (Android e iOS) ou no site. Ao acessar a plataforma, o titular do CPF deve clicar na opção “Consultar CPF grátis”. Em seguida, deve realizar um cadastro com as informações pessoais e criar uma senha para acesso. Após realizar o login, o titular terá acesso às informações relativas à empresa que negativou seu nome, bem como valor original e vencimento. É possível ainda renegociar as dívidas pela plataforma e consultar o Score de Crédito. A consulta é gratuita;
  • SPC: o titular do CPF pode acessar o aplicativo (Android e iOS) ou o site do SPC para verificar se tem pendências junto ao órgão. Para tanto, ele precisa fazer um cadastro na plataforma. A consulta é gratuita;
  • SCPC Boa Vista: para verificar se o seu CPF está com restrições, o titular pode acessar o aplicativo (Android e iOS) ou o site da empresa. Ao acessar a plataforma, ele deve informar o número do seu documento no campo “Coloque seu CPF”. Após isso, deve realizar um cadastro. A consulta é gratuita.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais