Tudo Bahia
Portal de Notícias

CadÚnico: 8 milhões de pessoas devem atualizar cadastro; veja como

Caso os seus dados estejam desatualizados, o governo pode suspender o seu benefício, então fique atento.

Para gerenciar os dados de milhões de famílias que podem receber algum auxílio, o Governo Federal desenvolveu o Cadastro Único (CadÚnico). Esse banco de dados centraliza as informações que serão utilizadas para concessão de diversos benefícios, como Auxílio Brasil, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Tarifa Social de Energia Elétrica e Casa Verde e Amarela.

É importante destacar que o simples cadastro não garante a inclusão automática da família em nenhum programa, pois cada benefício possui regras específicas, as quais serão avaliadas pelo órgão competente.

Agora, caso sua família já receba qualquer valor cujos dados são verificados através do CadÚnico, é muito importante manter os dados sempre atualizados. Porque, caso contrário, o Governo Federal poderá suspender seu benefício.

Quando é necessário atualizar o CadÚnico

  • Alteração da renda familiar (ter subido ou caído os valores recebidos mensalmente);
  • Mudança de estado civil de qualquer um dos membros da família;
  • Modificação quanto à quantidade de membros do núcleo familiar, seja por nascimento, óbito, casamentos, pessoas que foram embora ou passaram a ocupar o mesmo lar;
  • Alteração de endereço da família;
  • A cada 2 anos, mesmo que nenhum requisito acima tenha sido cumprido.

Caso a família passe mais de 4 anos sem atualizar seus dados, o seu cadastro pode ser excluído do CadÚnico.

Como realizar a atualização

  • Para fazer a atualização online, é necessário ter um usuário na plataforma gov.br. Então, caso ainda não tenha, veja aqui como fazer;
  • Em seguida, você pode informar as mudanças através de aplicativo para celular (Android ou iOS). Ou ainda utilizar diretamente o site do Cadastro Único;
  • Através do telefone 0800 707 2003;
  • Diretamente no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) responsável pela sua cidade ou região.

Ficou em dúvida se já informou as mudanças da sua família? Então confira nesse outro texto que publicamos o passo a passo para verificar sua situação.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais