Tudo Bahia
Portal de Notícias

Lucro FGTS deve ser pago em agosto; veja quem recebe

Confira se você terá direito a receber esse valor ainda neste ano.

A Caixa Econômica Federal (CEF) administra o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Esse fundo é uma espécie de seguro para ser usado em situações importantes (como adquirir um imóvel), graves (como doenças sérias) ou quando de uma demissão sem justa causa.

Como a CEF gerencia esse montante, ela consegue lucrar com alguns investimentos. Entretanto, o dinheiro do FGTS pertence aos trabalhadores, portanto (por força da Lei 13.446/2017) o banco distribui anualmente os lucros para os verdadeiros donos.

Quem tem direito ao lucro FGTS?

Aqueles trabalhadores com contas do FGTS que possuíam saldo em 31 de dezembro de 2021.

Qual a data de pagamento?

Seguindo a legislação vigente, todo o lucro que será repassado aos trabalhadores deverá ter sido depositado até dia 31 de agosto deste ano. Sendo assim, nos primeiros dias deste mês, provavelmente, alguns depósitos já devem começar a ser feitos.

Quanto cada trabalhador receberá?

Ainda não foram divulgados os lucros de 2021, mas, como não se espera uma grande variação, é possível utilizar as cifras referentes aos lucros de 2020.

Naquele ano, o lucro foi de R$ 8,129 bilhões, resultando nos seguintes valores repassados aos trabalhadores (tendo por base o saldo nas contas do FGTS em 31 de dezembro de 2020):

  • Saldo de R$ 2 mil – Valor recebido: R$ 37,26;
  • Saldo de R$ 3 mil – Valor recebido: R$ 55,89;
  • Saldo de R$ 4 mil – Valor recebido: R$ 74,52;
  • Saldo de R$ 5 mil – Valor recebido: R$ 93,15;
  • Saldo de R$ 10 mil – Valor recebido: R$ 186,30;
  • Saldo de R$ 20 mil – Valor recebido: R$ 372,60;
  • Saldo de R$ 100 mil – Valor recebido: R$ 1.863,00.

Em caso de dúvida, consulte os seus dados no aplicativo FGTS (Android e iOS)ou diretamente pelo site da CEF.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais