Tudo Bahia
Portal de Notícias

Dataprev desbloqueia 9,9 milhões cadastros

Os cadastros são para recebimento do auxílio emergencial. Dataprev deve enviar informações de 9,9 milhões de brasileiros.

Juntos, especialistas da Dataprev e do Ministério da Cidadania analisam informações de mais de 9,9 milhões de brasileiros que solicitaram o auxílio emergencial. Os dados serão enviados à Caixa Econômica Federal.

Com esses novos números, os órgãos poderão finalizar os 23,1 milhões de cadastros feitos por meio do aplicativo ou portal da Caixa, no período de 07 a 10 de abril. Este números representam o grupo dos microempreendedores individuais (MEIs), contribuintes individuais e trabalhadores informais.

O aplicativo registrou, na última segunda-feira (20), mais de 42,2 milhões de novos requerimentos do auxílio emergencial do governo federal. Ao todo, 24,2 milhões de pessoas já receberam os recursos. Os créditos já somam R$ 16,3 bilhões.

Informações e pagamento do auxílio emergencial

Os beneficiados do auxílio emergencial de R$ 600,00, que receberam crédito em poupança da Caixa, poderão realizar suas movimentações por meio do aplicativo do banco e Internet Banking. Poderão também pagar contas com o cartão de débito.

Já os beneficiados que receberão seu auxílio na Poupança Digital Caixa poderão não só pagar boletos por meio do aplicativo Caixa Tem, mas também realizar transferências.

Dataprev: contestação de análise do auxílio

Os inscritos no CadÚnico, que solicitaram o benefício auxílio emergencial, mas que não conseguiram a aprovação, poderão solicitar a partir de agora uma contestação do resultado da análise. Essa ação será reavaliada e efetuada pela Dataprev.

Os que se inscreveram por meio de aplicativo e site poderão realizar a contestação ainda essa semana, após a Caixa receber os arquivos enviados pela Dataprev com a relação de brasileiros não aprovados. Lá será informado o motivo da reprovação.

Sobre o auxílio emergencial

Essa medida é mais uma ação do governo federal de auxiliar a população no enfrentamento da atual situação no país em razão do isolamento social. Os beneficiados serão não apenas os inscritos no CadÚnico e que recebem Bolsa Família, mas também os grupos dos microempreendedores individuais (MEIs), contribuintes individuais e trabalhadores informais.

Esse auxílio vem para que os trabalhadores informais, mas que tiveram que ter suas atividades paralisadas, possam se manter durante o tempo de isolamento social em razão da COVID-19. A Dataprev é responsável por checar as informações dos beneficiários.

Sobre a Dataprev

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) é uma empresa pública estatal que realiza o desenvolvimento de Tecnologia da Informação e Comunicação. Cabe a ela o andamento de programas sociais do país. Além disso, atende 200 milhões de cidadãos e faz com que os benefícios sejam direcionados corretamente.

O Dataprev possui não só a sede em Brasília, mas também as Unidades de Desenvolvimento de Sistemas (UDs). As unidades estão em vários estados como Ceará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. Ela possui ainda três data centers localizados no Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais