Tudo Bahia
Portal de Notícias

Pandemia: 72% dos brasileiros modificaram seus hábitos de consumo

De acordo com uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), 72% dos brasileiros modificaram seus hábitos de consumo nos últimos seis meses.

O principal motivo, segundo o levantamento, foi a pandemia provocada pelo novo coronavírus. A crise econômica fez com que muitos brasileiros perdessem seus empregos ou tivessem suas rendas reduzidas. Mesmo quem manteve o padrão, reduziu o consumo temendo as consequências da crise.

Sendo assim, o estudo apontou que houve uma grande redução de gastos em setores como turismo (30%) e produtos e serviços relacionados a atividades físicas (27%). De todas as áreas, a mais afetada foi a de roupas e calçados. O impacto no setor foi de 42%.

Itens essenciais sofreram impacto

Os hábitos de consumo atingiram itens essenciais. Conforme a FecomercioSP, parte dos brasileiros tiveram que reduzir até mesmo a compra de bens como medicamentos e alimentos. 22% dos entrevistados afirmaram que passaram a comprar menos. Neste caso específico, mais da metade das pessoas justificaram que o corte se deve a uma menor renda nos últimos meses.

Além das mudanças nas compras, a FecomercioSP também conseguiu obter dados em relação ao comportamento diário do brasileiro. Uma mudança que chamou muita atenção foi o local de alimentação. Com a pandemia, 72% afirmaram que agora estão cozinhando mais em casa e 42% estão usando o lar para fazer exercício.

E-commerce vira solução

Se por um lado houve queda expressiva em compras de pacotes turísticos e no setor de vestuário, o e-commerce vem comemorando bons resultados. A pesquisa comprovou o fato ao apontar que, para 46% das pessoas, as compras online tiveram um aumento.

Outro detalhe que chama atenção são os pedidos de entrega de comida. Os aplicativos de delivery estão sendo mais utilizados por metade dos entrevistados. 37% também admitiram que compraram algum tipo de curso online para se aperfeiçoarem em alguma área.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais