Tudo Bahia
Portal de Notícias

Substituto do Bolsa Família deve ser lançado em dezembro, diz Onyx

De acordo com o ministro, o substituto do Bolsa Família será a introdução de quesitos de meritocracia para os assistidos.

Na segunda-feira (16/11), o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que o substituto do Bolsa Família está pronto e deve ser lançado no mês de dezembro. A citação foi feita durante evento no Palácio Guanabara.

O ministro informou que o programa social já tem orçamento próprio e deve atingir mais de 20 milhões de brasileiros considerados de baixa renda. “O programa já está pronto, foi todo trabalhado, já foi apresentado ao presidente, só falta o ok, e isso não tem a ver com a grana, até porque temos previsto para o ano que vem 34,8 bilhões de reais”, disse o ministro a jornalistas.

De acordo com Onyx Lorenzoni, uma das novidades do substituto do Bolsa Família será a introdução de quesitos de meritocracia para os assistidos, com o que o governo está chamando de “portas de entrada e saída”.

“Temos um programa hoje totalmente diferente de tudo que foi feito na América, é um programa inovador que passa muito pela experiência da digitalização vista no auxílio emergencial”, disse. “Vamos fazer um encontro entre quem precisa do emprego e que tem emprego a oferecer.”

O governo tentou o lançamento de um novo programa social, o Renda Cidadã, mas foi vetado após problemas quanto à fonte de financiamento.

Critérios do substituto do Bolsa Família em dezembro

O novo Bolsa Família deverá ser anunciado ainda em 2020. De acordo com o ministro da cidadania, o programa dará mais liberdade e autonomia e não terá viés político eleitoral. “Eles vão votar em que quiserem e não no candidato que montou o programa”, disse.

Além disso, antecipa que “tem muitas coisas para além do voucher e acho que no início de dezembro ele (Bolsonaro) nos autoriza a divulgar. A esquerda vai ter que bater palma”.

Recentemente, o Governo informou que estuda ampliar Bolsa Família com outros auxílios.

Saiba mais sobre o Bolsa Família

Bolsa Família foi criado desde 2004 com objetivo de auxiliar as famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, garantindo o acesso à saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Os objetivos do Bolsa Família são:

  • Auxiliar no combate da fome, além de promover a segurança alimentar e nutricional;
  • Ajudar no combate da pobreza e outras formas de privação das famílias;
  • Promover o acesso à rede de serviços públicos, em especial a saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Famílias em situação de pobreza (renda por pessoa entre R$ 89,01 a R$ 178,00) ou extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89,00 por mês) e que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos podem se beneficiar com o programa.

LEIA TAMBÉM

Bolsa Família será pago pelo Caixa Tem a partir de dezembro; veja como vai funcionar

A partir de dezembro de 2020, os inscritos no Bolsa Família vão passar a receber suas parcelas por meio de poupanças sociais digitais. As quantias, sem nenhuma tarifa adicional, poderão ser movimentadas pelo app Caixa…

Como usar FGTS para amortização de financiamento de habitação

O Fundo de Garantia do tempo de Serviço (FGTS) é um direito de todo o trabalhador. Com ele, o cidadão possui diversos benefícios, como usar seus recursos para comprar a casa própria. Por isso, confira como usar FGTS para…

Valor do Bolsa Família: como as parcelas são calculadas pelo governo federal?

Aprovado em 2004, o Bolsa Família é um programa assistencial para transferência de renda direta. As parcelas, com valor variável, são depositadas às unidades familiares em situação de extrema pobreza (renda por pessoa de…

INSS prolonga suspensão de prova de vida e retorno só ocorrerá em 2021

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou mudanças para aposentados e pensionistas. Segundo o comunicado, o INSS prolongou suspensão de prova de vida e retorno só ocorrerá em 2021.Portanto, todas as…

FGTS emergencial: R$ 7,9 bilhões não foram movimentados; veja prazo final para solicitar

O calendário para os saques do FGTS Emergencial, no valor máximo de R$ 1.045, foi executado a partir de junho de 2020 e terminou neste mês de novembro. Durante o período, a Caixa transferiu as quantias pelas poupanças…

Novo Bolsa Família: relator quer apresentar mais de uma opção ao Senado

O senador Márcio Bittar (MDB-AC) está elaborando uma proposta de emenda constitucional, com o objetivo de encontrar brechas para o financiamento do novo Bolsa Família. Conforme informações preliminares, o relator quer…

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais