Tudo Bahia
Portal de Notícias

Calendário do Bolsa Família 2021: confira TODAS as datas de saque

O início do saque do benefício vai começar no dia 18 de janeiro

O calendário de pagamentos do Programa Bolsa Família 2021 foi divulgado no dia 4 de janeiro pela Caixa Econômica Federal (CEF). A data que marca o início dos saques é o dia 18 de janeiro e vai continuar até o dia 29, de acordo o número final do Número de Identificação Social (NIS).

Segundo a Caixa, os beneficiários do programa recebem os pagamentos SEMPRE na terceira semana do mês. Atenção! Pagamentos não são realizados nos finais de semana.

O calendário que foi determinado para o Bolsa Família 2021 vai repetir o mesmo que aconteceu no Natal de 2020. No mês de dezembro o pagamento do benefício vai ser adiantado, para que os beneficiários consigam ter acesso aos valores antes do dia 24. Veja o calendário a seguir:

Calendário do Bolsa Família 2021: confira TODAS as datas de saque
Calendário de pagamentos do Bolsa Família 2021

Conta poupança digital

Em dezembro do ano passado (2020), a Caixa liberou o uso do aplicativo Caixa Tem pelos beneficiários do Bolsa Família com os finais NIS 9 e 0. Por meio da ferramenta digital, os depósitos foram feitos na Poupança Social Digital e os saques foram efetuados normalmente.

Este ano o programa vai passar por mudanças e uma delas será a bancarização. A Caixa anunciou que são criadas contas poupança digitais para os cerca de 9 milhões de beneficiários do Bolsa Família em 2021 que ainda não têm conta bancária. A digitalização vai permitir que todas as pessoas atendidas pelo programa acessem seu benefício pelo aplicativo Caixa Tem.

Como participar do Programa Bolsa Família 2021

De acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o programa Bolsa Família tem atendido a mais de 14 milhões de famílias em todo Brasil. Agora, como participar do Bolsa Família em 2021?

Primeiramente, para participar do programa é necessário ter inscrição, atualizada, no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal. Esse cadastro deve ser atualizado regularmente de 2 em 2 anos, ou quando houve modificações no grupo familiar, como o nascimento ou emancipação de alguém da família.

A partir de 2021, o CadÚnico passa por atualizações no processo de cadastro. O governo federal digitalizou os processos por meio de um aplicativo do CadÚnico devido as demandas de prevenção da COVID-19.

Agora, os registros e atualizações podem ser realizados pela internet, sem a necessidade de comparecer em alguma unidade dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). O comparecimento será solicitado apenas em casos de necessidade de comprovação de documentação.

Para conseguir aprovação na solicitação do Bolsa Família 2021 o grupo familiar precisa atender aos requisitos de renda familiar: entre R$ 89,01 e R$ 178,00 (para as famílias pobres) e ter gestantes, crianças ou adolescentes (0 a 17 anos) em sua composição, ou com valor máximo de até R$ 89,00 por pessoa (em caso de extrema pobreza).

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais