Tudo Bahia
Portal de Notícias

Revisão dos cadastros do Bolsa Família é adiada por 180 dias; entenda

Através de uma portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (28/07), o Ministério da Cidadania suspendeu pelo prazo de 180 dias todos os procedimentos de averiguação e revisão dos beneficiários do Bolsa Família. Isso também vale, no caso, para os inscritos no CadÚnico.

Revisão do Bolsa Família e outros detalhes

São os municípios os responsáveis por administrar as revisões do Bolsa Família, realizando a imersão de novos beneficiários e atualizando os existentes. Com a portaria, essas ficam impedidas de realizar tais procedimentos enquanto o Auxílio Emergencial está sendo pago. Ressalta-se que o Governo Federal prorrogou por mais três parcelas o benefício do auxílio.

Dessa maneira, houve a ampliação do prazo de recebimento do Auxílio Emergencial para quem já é beneficiário do Bolsa Família. Nesse caso, pessoas que recebem o Bolsa Família, mas o valor do auxílio é maior, continuam recebendo a quantia mais vantajosa.

O procedimento de revisão do Bolsa Família serve como uma espécie de “pente-fino” nos beneficiários que possuem o cadastro no CadÚnico. Caso o cruzamento dos dados não sejam convincentes ao sistema e ocorra alguma mudança significativa nos rendimentos do beneficiário ou alguém incluso no mesmo cadastro, automaticamente essas pessoas são desligadas do rol de beneficiados.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais