Tudo Bahia
Portal de Notícias

Saque-aniversário do FGTS é liberado para novo grupo; confira

No último domingo, dia 01 de agosto, foi liberado o período de realização do saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Todavia, somente para as pessoas que possuem contas com saldo e que, previamente, aderiram ao saque-aniversário.

O saque-aniversário do FGTS é uma das modalidades que o trabalhador pode ter para sacar parte do saldo do fundo. Especialistas apontam que o número de brasileiros que fizeram uso desse recurso cresceu muito desde o ano passado. Até porque a crise imposta pela pandemia desenvolveu mais dificuldades financeiras.

Com isso, as pessoas passaram a utilizar o saque-aniversário do FGTS. As demais modalidades permanecem, inclusive o acesso à multa rescisória dos 40% sobre o valor depositado pelo empregador.

Qual o melhor dia para o saque-aniversário do FGTS?

Quem optar por realizar o saque-aniversário do FGTS no 10º dia tem mais vantagens.

Isso porque ocorre um ajuste dos juros e correção monetária. Do primeiro ao décimo dia, o empregado pode realizar o saque.

Quem pode fazer o saque-aniversário do FGTS?

É importante frisar que o trabalhador precisa, antecipadamente, realizar o pedido junto a Caixa Econômica Federal. Através do aplicativo “Meu FGTS”, é possível fazer a adesão à modalidade de saque. Também, é possível aderir através do site. Quem possui conta na Caixa pode ter o valor disponibilizado automaticamente.

O saque-aniversário do FGTS fica disponível por até três meses, contados a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário. Quem nasceu em agosto, por exemplo, pode sacar desta segunda-feira (02) até o último dia útil de outubro, ou seja, dia 29.

Qual o valor do saque-aniversário do FGTS?

O valor é calculado conforme o saldo do trabalhador, contado a partir de R$ 500,00. São sete faixas de pagamento do saque-aniversário na seguinte ordem:

  • Até R$ 500 – pode ser sacado 50%;
  • De R$ 500,01 a R$ 1.000 – pode ser sacado 40%;
  • De R$ 1.000,01 a R$ 5.000 – pode ser sacado 30%;
  • De R$ 5.000,01 a R$ 10.000 – pode ser sacado 20%;
  • De R$ 10.000,01 a R$ 15.000 – pode ser sacado 15%;
  • De R$ 15.000,01 a R$ 20.000 – pode ser sacado 10%;
  • Acima de R$ 20.000,01 – pode ser sacado 5%.

Para consultar o saldo disponível e calcular o valor a ser sacado, é só entrar no aplicativo “Meu FGTS” ou acessar o site da Caixa. Em seguida, será preciso informar o Número de Identificação Social (NIS) ou CPF. Caso não tenha ainda utilizado o site e não possui senha, será necessário criar uma.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais