Tudo Bahia
Portal de Notícias

Caixa anuncia redução de juros em financiamento de imóvel; saiba o que muda

Com início em 04/10, ficará disponível a possibilidade de efetuar simulações com as novas condições do “Crédito Imobiliário Poupança da Caixa”.

Na última quinta-feira (16/09), a Caixa Econômica Federal anunciou que fará uma redução na taxa de juros do crédito imobiliário vinculado à poupança. A declaração ocorreu num evento realizado para o setor de construção civil na sede da Caixa, em Brasília.

Em fevereiro, quando essa modalidade de taxa foi lançada, a Caixa explicou que a taxa do financiamento seria fixa em até 6,7%, mesmo se a Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) chegasse a atingir dois dígitos. Em outras palavras, o percentual máximo que a remuneração adicional pode chegar seria de 9%.

E é junto com essa taxa fixa, estabelecida pelo banco, que houve redução de 3,35% ao ano, partindo agora dos 2,95%. Desse modo, o crédito imobiliário da Caixa passará a ser 2,95%, somado ao rendimento da poupança.

Cambiante, o rendimento da poupança é igual a 70% da Taxa Selic, que tem crescido no Brasil e no momento está em 5,25%. Considerando o valor vigente da Selic, o crédito imobiliário nessa modalidade vai ter correção de 6,62% ao ano.

Com início em 4 de outubro deste ano de 2021, ficará disponível a possibilidade de efetuar simulações com as novas condições do “Crédito Imobiliário Poupança da Caixa”. A simulação poderá ser feita pelo aplicativo Habitação Caixa ou diretamente no site do banco. As contratações começam no dia 18 de outubro.

Financiamentos imobiliários da Caixa

A Caixa dispõe de quatro opções de financiamento imobiliário para facilitar a compra de uma casa própria, são eles:

  • Crédito contendo taxa fixa de juros;
  • Crédito com correção pela Taxa Referencial (TR);
  • Financiamento corrigido pela inflação (IPCA); e
  • Crédito Poupança Caixa, na qual a taxa de juros tem uma parte fixa (estabelecida pelo banco) e outra variável, sob a remuneração da poupança.

Financiamentos que são somados à poupança e índices de preços (como o IPCA), geralmente, não são recomendados, sobretudo num período em que a taxa Selic e a inflação estão em alta, uma vez que elas ainda podem aumentar. Atualmente, a modalidade de crédito tradicional vinculada a TR é a mais segura.

Ainda assim, a Caixa possui a menor taxa e o maior prazo na modalidade, oferecendo até 35 anos para pagamento, além da opção de carência de seis meses para a primeira parcela de juros e amortização.

Atualmente, a carteira de crédito habitacional da Caixa dispõe de R$ 534,6 bilhões em volume e 5,8 milhões de contratos, o que representa 67,3% de todo o financiamento imobiliário concedido no país.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais