Tudo Bahia
Portal de Notícias

Valor do gás de cozinha pode ultrapassar R$ 100 após disparada de preço no exterior

Preço do gás de cozinha sofre com aumento no mercado internacional e pode afetar o consumidor brasileiro nos próximos meses.

O valor do gás de cozinha vem sendo um grande peso no bolso do brasileiro. E tudo indica que isso poderá continuar por um bom tempo. Uma disparada na cotação nos mercados internacionais começou.

Atualmente, a média de preço do botijão de gás já está na casa dos R$ 100 na maioria das cidades brasileiras. Algumas famílias passaram a recorrer ao velho fogão de lenha para poder cozinhar seus alimentos de forma mais barata.

Aumento do valor do gás de Cozinha

O aumento do valor do gás de cozinha se deve ao aumento do valor do propano, matéria-prima do produto. A demanda chinesa aumentou nos últimos meses e regiões que produzem em larga escala, como a região do Golfo do México, viu o valor subir em mais de 15% apenas em um mês. Em 2021, a alta acumula 96%.

Para se ter ideia da situação, o próprio Departamento de Energia dos Estados Unidos veio a público explicar o aumento. “Neste ano, os preços subiram ao longo dos meses do verão, quando os estoques normalmente são recompostos, devido à alta demanda internacional e à menor oferta global”, diz a nota oficial.

Vale lembrar que a Petrobras é a responsável por reajustar os preços do gás de cozinha. O último aumento aconteceu em julho, quando houve reajuste de 6%. Parte do gás consumido no país é importado e uma nova subida deve ocorrer em breve.

A empresa costuma seguir o que denomina de “política de alinhamento às cotações internacionais”. Em outras palavras, se aumenta lá fora, também aumentará aqui dentro do Brasil. O método utilizado pela Petrobras já foi criticado por muitos especialistas da área e até pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. O aumento no Gás e nos combustíveis afeta a inflação do país.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais