Tudo Bahia
Portal de Notícias

Aposentadoria do INSS deverá ter novo valor devido à alta na inflação

INPC serve como base para as revisões salariais do governo. Com a nova previsão, o segurado poderá ter um aumento de R$ 110,00.

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia apresentou, no dia 17 de novembro, o relatório do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Neste ano, ele pode fechar com 10,04%. Com isso, a projeção da inflação para esse ano mudou. Agora, também deve ser alterada a base de cálculo dos benefícios e aposentadorias do Instituto Nacional do Serviço Social (INSS).

Em relação à última previsão feita em setembro deste ano, aconteceu um aumento de 1,64 ponto percentual. No mês de setembro, a equipe econômica já tinha anunciado a projeção de 8,4%.

Previsão do salário mínimo

Importante ressaltar que o INPC serve como base para as revisões salariais do governo federal. Caso a previsão seja confirmada, para 2021, o salário mínimo vai ser R$ 1.210,00, no próximo ano. Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.100,00 pago para os aposentados e pensionistas. Com o novo reajuste, o segurado poderá ter um aumento de R$ 110,00.

Já o valor máximo (teto estabelecido pelo INSS) para os segurados passará a ser R$ 7.079,50 em 2022. Se essa projeção se confirmar, o aumento será de R$ 645,93. Diferença do valor atual de R$ 6.433,57.

Isso acaba alterando todos os valores que são recebidos pelos aposentados e pensionistas que são segurados do INSS.

Anúncio acontece em janeiro de 2022

Vale lembrar que só no dia 11 de janeiro de 2022 será anunciado o índice oficial para o reajuste do valor recebido pelos segurados. No começo do ano, é o período em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgará o resultado da média da inflação acumulada, nos meses de janeiro e dezembro de 2020.

Até lá, os segurados aguardam o anúncio do aumento do salário mínimo.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais