Tudo Bahia
Portal de Notícias

Valor do IPVA pode sofrer reajuste a partir de 2022; confira previsão

Em virtude desse aquecimento, os veículos seminovos e usados acabam sendo valorizados, ou seja, ficando mais caros. Saiba mais.

Não bastassem os aumentos sucessivos no preço do combustível ocorridos durante todo o ano de 2021, os motoristas têm agora mais um motivo para ficarem preocupados com o seu bolso. É que, a partir de janeiro de 2022, o IPVA pode sofrer um reajuste de mais de 30% em comparação ao seu valor atual, segundo estimativas.

O aumento acontece porque o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é calculado com base no preço que o modelo do veículo possuía na Tabela Fipe, no mês de setembro de 2021. Assim, se um determinado modelo sofreu aumento no referido mês, consequentemente, o valor do IPVA sofrerá esse aumento.

Anteriormente, a tendência era de que, ao longo do tempo, o imposto em questão ficasse mais barato, já que a cada ano o veículo sofre uma desvalorização. No entanto, está ocorrendo o contrário neste ano. Isso porque está havendo um aquecimento no setor de seminovos e usados no Brasil.

Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o mercado de carros usados, por exemplo, cresceu mais de 80% no país em junho deste ano, se comparado com o mesmo período de 2020.

Esse aquecimento, por sua vez, é decorrente da redução do poder de compra dos brasileiros, da venda de automóveis por parte daqueles que tinham mais de um veículo na garagem e estão buscando um equilíbrio financeiro.

Outra causa do aquecimento no setor de seminovos e usados é a dificuldade no fornecimento de matérias-primas para a produção de veículos. Com isso, as montadoras têm encontrado certa dificuldade em entregar os veículos no prazo habitual, o que leva a procura por seminovos.

Em virtude desse aquecimento, os veículos seminovos e usados acabam sendo valorizados, ou seja, ficando mais caros. O que pode provocar, como já dito, um aumento de até 30% no valor do IPVA no ano de 2022. Vale notar que as alíquotas estaduais não sofrerão alteração na cobrança do imposto em questão.

Como calcular o valor do IPVA

Se você ficou preocupado ao saber do reajuste do IPVA, você já pode saber quanto irá pagar no ano que vem e começar a preparar seu bolso. Para isso, basta verificar o valor de seu veículo na Tabela Fipe, somar à alíquota referente ao seu estado e dividir por 100.

Confira a alíquota de seu estado:

  • São Paulo: 4%;
  • Rio de Janeiro: 4%;
  • Minas Gerais: 4%;
  • Goiás: 3,75%;
  • Distrito Federal: 3,5%;
  • Mato Grosso do Sul: 3,5%;
  • Paraná 3,5%;
  • Alagoas 3%;
  • Amazonas: 3%;
  • Amapá: 3%;
  • Pernambuco: 3%;
  • Rio Grande do Norte: 3%;
  • Rio Grande do Sul: 3%;
  • Roraima: 3%;
  • Bahia: 2,5%;
  • Ceará: 2,5%;
  • Maranhão: 2,5%;
  • Pará: 2,5%;
  • Paraíba: 2,5%;
  • Piauí: 2,5%;
  • Sergipe: 2,5%;
  • Acre: 2%;
  • Espírito Santo: 2%;
  • Mato Grosso: 2%;
  • Rondônia: 2%;
  • Santa Catarina: 2%;
  • Tocantins: 2%.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais