Tudo Bahia
Portal de Notícias

Pais solteiros precisam solicitar o auxílio emergencial retroativo? Entenda

Confira aqui se sua família preenche os requisitos para receber até R$ 3 mil ainda neste ano.

O Brasil, assim como todo o mundo, sofreu muito com a pandemia de COVID-19. Para tentar diminuir, pelo menos, alguns problemas sociais, o Governo Federal instituiu, ainda em 2020, o Auxílio Emergencial. Através desse programa, milhões de brasileiros receberam cinco parcelas de R$ 600,00 e quatro de R$ 300,00.

Naquele momento, o governo considerou que mães solteiras que fossem chefes de família deveriam receber, ao invés das parcelas de R$ 600,00, cinco pagamentos de R$ 1,2 mil.

Entretanto, passado o momento mais agudo da crise, o Congresso Federal considerou que esse benefício ter sido pago apenas às mulheres violou o princípio da igualdade e determinou — para evitar processos — o pagamento retroativo da diferença de R$ 600,00, nas cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial, para pais solteiros e chefes de família.

Pais solteiros precisam solicitar o auxílio emergencial retroativo?

Não será necessário, porque receberão as novas parcelas todos aqueles pais solteiros e chefes de família que fizeram (de maneira correta e no prazo adequado) a solicitação do auxílio emergencial em 2020.

Como realizar a consulta para verificar a situação?

É bem simples. Você só precisa entrar no site de consulta do auxílio emergencial e conferir seu cadastro. É importante destacar que, para acessar a plataforma, é necessário ter uma conta ativa no gov.br (cujo usuário será seu CPF).

Quais serão os valores pagos?

  • Homens que receberam cinco parcelas de R$ 600,00 receberão, em 2022, R$ 3 mil;
  • Homens que receberam quatro parcelas de R$ 600,00 receberão, em 2022, R$ 2,4 mil;
  • Homens que receberam três parcelas de R$ 600,00 receberão, em 2022, R$ 1,8 mil;
  • Homens que receberam duas parcelas de R$ 600,00 receberão, em 2022, R$ 1,2 mil;
  • Homens que receberam uma parcela de R$ 600,00 receberão, em 2022, R$ 600,00.

Com a consulta que explicamos acima, você conseguirá verificar certinho qual será o valor específico a ser pago para sua família.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais