Tudo Bahia
Portal de Notícias

Ronronar dos gatos: veja o que essa prática realmente significa

O barulho fofo, típico dos bichanos, é uma forma que eles encontram para se comunicar, sabia?

Certamente deve haver coisa mais fofa do que um gatinho ronronando, mas não conseguimos pensar em nenhum exemplo no momento. O fato é que, além da fofura óbvia, esse barulho típico dos bichanos é uma forma de comunicação, por isso é interessante entender melhor o que é que eles querem dizer quando fazem isso.

A Ciência ainda não bateu o martelo em relação a qual explicação está totalmente correta quando o assunto é explicar por que os gatos ronronam. O que se sabe, por exemplo, tem muito a ver com a questão fisiológica do típico barulho, pois o som vem diretamente da garganta do animal.

O movimento que gera o ronronar é justamente a contração e, na sequência, a dilatação da região da glote, que fica na laringe. A emissão de ar que ocorre devido ao movimento acaba resultando na produção do som tipicamente felino — animais como o guepardo e o lince também fazem o mesmo som; no caso de tigres e leões, aí a vocalização é chamada de rugido.

Ronronar por quê?

Os gatinhos aprendem desde cedo a ronronar, o que faz com que os cientistas considerem esse comportamento como algo primitivo. Há quem defenda a ideia de que, ao ronronar, os gatos conseguiriam chamar a atenção da mãe e, por consequência, receber alimento e carinho.

Essa teoria explica, por exemplo, por que muitos bichanos adultos ronronam quando vão comer ração: seria uma espécie de flashback de quando eram bebês e amamentados por suas mães.

Uma coisa surpreendente é que nem todo gato ronrona, sabia? Apesar de ser um comportamento bastante comum, a verdade é que os bichanos que foram separados da mãe logo após o nascimento podem não desenvolver esse tipo de comunicação.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais