Tudo Bahia
Portal de Notícias

Cachorros também têm a fase da adolescência; veja como funciona

Amadurecer traz desafios para humanos e animais. Entenda como passar por essa fase com seu pet.

Quando adotamos um filhote de cachorro, ficamos apaixonados pela fofura daquele bichinho e pelo amor que ele traz para casa. Mas, como todo mamífero, ele irá passar por uma fase de amadurecimento complicada que, normalmente, chamamos de adolescência.

Nessa fase, assim como nos humanos, o corpo do seu pet sofrerá diversas alterações (principalmente hormonais) que poderão levar a mudanças de comportamento. As maiores reclamações dos tutores têm a ver com desobediência, preguiça e uma agressividade um pouco maior.

Veja, a seguir, alguns detalhes sobre a adolescência canina:

1. Quando começa e quanto tempo dura

Usualmente, esse período se inicia aos seis meses de idade e dura, no máximo, até seu cão completar um ano e meio. Então paciência será uma qualidade imprescindível para lidar com essa etapa.

2. O que muda e como proceder

Para conseguir vencer essa fase, é importante ter em mente que o cachorro vê seu tutor como uma espécie de líder e guia dele, portanto responderá de acordo com o tratamento que receber. Por isso, é necessário sempre agir com afeto e paciência, mas sem perder de vista a determinação.

Caso esteja adestrando seu animal nesse período, ele poderá ter um pouco mais dificuldade em manter o foco e ser um pouco mais resistente em obedecer. Se, por outro lado, o adestramento já tiver iniciado, não se assuste com uma resistência maior em fazer os truques já aprendidos.

Como os hormônios podem trazer mais coragem e vontade de novas experiências, não leve seu adolescente de quatro patas para passear sem coleira, pois isso pode colocar tanto o animal quanto o tutor em situações de perigo.

Por fim, fique atento quanto à presença de outros cachorros – aceite se o cão não quiser companhia e não deixe a brincadeira desembocar em briga.

No fim, tudo vai passar, a rebeldia vai ter sido só uma fase e sua dedicação será recompensada com um cachorro adulto, amoroso e feliz. E, nunca se esqueça, é muito importante estar sempre conversando com sua veterinária sobre cada fase do desenvolvimento do seu mascote.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais