Tudo Bahia
Portal de Notícias

Medo dos cachorros: 5 coisas que mexem com o emocional do seu pet

Ter medo é uma situação desagradável para a maioria das pessoas. Isso não é diferente com o seu pet, então, pelo bem dele, evite algumas situações estressantes.

Muitas pessoas enxergam seus cachorros como amigos, ou, até mesmo, como um membro da família com direitos muito parecidos com seus parentes humanos. Mas, contrariando um pouco o senso comum, cães não possuem as mesmas necessidades que os humanos e, muito menos, lidam com problemas de maneira semelhante.

Por isso, caso você ame seu pet e deseje dar uma vida mais tranquila para ele, é importante conhecer algumas situações que mexem com o emocional desses animais e, portanto, devem ser tratadas com muito cuidado.

Separamos a seguir as cinco mais comuns para ajudar no dia-a-dia de cuidados:

1. Carros

Muitos cães têm medo de andar de automóvel, porque suas experiências nesse meio de transporte podem ter sido muito negativas, ou tão esporádicas que eles não se sentem confortáveis.

Solução: Faça ele se acostumar com o carro, deixando as portas abertas durante uma brincadeira no jardim e fazendo o cão passar por dentro algumas vezes.

2. Veterinário

Cuidado com a saúde é muito importante, entretanto os peludos não costumam gostar nada de entrar na clínica, pois o ambiente é desconhecido, em geral com outros animais e pode trazer lembranças negativas.

Solução: Leve o brinquedo e a guloseima favorita do seu animal de estimação. Antes da consulta, distraia o cãozinho com o brinquedo e, cada vez que ele agir como o esperado, recompense com o petisco.

3. Trovões e fogos de artifício

As luzes intensas e os barulhos fortes levam os animais a se sentirem acuados e com uma sensação de perigo constante.

Solução: Recolha seu cão, feche todas as janelas e portas, coloque uma música baixa e brinque ou faça uma sessão de treinamento.

4. Medo de passear

Os sons e lugares novos costumam assustar os animais.

Solução: Nas primeiras vezes, evite lugares barulhentos e com muitos cachorros. Com o tempo o animal irá se acostumar com os estímulos.

5. Medo de tudo

O problema, em geral, está ligado à falta de confiança e muito estresse.

Solução: Tente descobrir a causa da fobia, depois trabalhe com o adestramento (sempre com reforço positivo) e a dessensibilização dos estímulos mais assustadores.

Todas as dicas que demos aqui podem ter resultados muito melhores se acompanhadas por uma adestradora profissional e por uma médica veterinária.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais