Tudo Bahia
Portal de Notícias

Perseidas: entenda a chuva de meteoros que acontece neste mês

Saiba como acompanhar a chuva de meteoros que será registrado neste mês, e como será o acontecimento.

Observar o céu sempre foi essencial para o desenvolvimento da humanidade. Por meio dele foi possível entender o ciclo das estações para plantar, para navegação sem instrumentos tecnológicos e as estrelas eram guias nas grandes aventuras marítimas. Hoje podemos observar as estrelas apenas por sua beleza. Neste mês de agosto, por exemplo, haverá pico de uma chuva de meteoros, os Perseidas.

Além disso, haverá boas oportunidades para observar planetas como Urano, Saturno, Marte, Júpiter e Mercúrio.

Até hoje, todos os fenômenos astronômicos que podem ser observados causam grande espanto e comoção ao redor do mundo. Muitas pessoas se reúnem para beber, comer e celebrar o lindo momento.

Chuva de meteoros Perseidas: quando será e como acompanhar?

O mês de agosto será bastante agitado no espaço. Será neste mês, por exemplo, que a NASA deve realizar a missão Artemis 1, a primeira parte do plano da agência para voltar a colocar astronautas na Lua.

A data ainda não foi definida, já que foram confirmados três dias em que o lançamento pode ocorrer, sendo o primeiro deles no fim de agosto e os demais na primeira semana de setembro.

Na metade do mês haverá a chuva de meteoros Perseidas, uma das melhores e mais importantes para a ciência. Ela ocorre anualmente durante o mês de agosto com máxima na madrugada do dia 12. Ela acontece em razão dos detritos do cometa Swift/Tuttle e, caso tenha condições ideais, pode apresentar até 120 meteoros por hora.

Essa chuva de meteoros pode ser visualizada a olho nu em regiões com baixa luminosidade urbana e com céu limpo. Fique atento na madrugada do dia 12 de agosto para apreciar o evento.

Também será possível visualizar, na segunda semana do mês de agosto, outra conjunção, entre a Lua e Saturno. Procure pelos dois na direção norte às 0h55 do dia 12 de agosto, quando Saturno vai estar ligeiramente abaixo e ao lado direito da Lua.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais