Tudo Bahia
Portal de Notícias

Veja como ter acesso ao Certificado Nacional de Vacinação COVID-19

Após completar o ciclo, é possível ter o certificado nas versões online ou impressa. Saiba como obter o Certificado Nacional de Vacinação COVID-19.

Atualmente, a maioria dos eventos com certa aglomeração e muitas repartições públicas estão exigindo o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19. O documento é uma comprovação que ateste o ciclo de imunização do cidadão contra o coronavírus. Existe muita polêmica sobre a exigência da comprovação de imunização, mas muitos estados mantém a medida.

O Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 é emitido pelo Ministério da Saúde por intermédio do Sistema Único de Saúde – SUS. O processo de imunização precisa ser completado através do ciclo, com as duas doses ou a dose única. Após completar o ciclo, é possível ter o certificado nas versões online ou impressa.

Para ter acesso a esse certificado, é necessário aguardar o registro da vacinação no sistema. Isso pode demandar mais tempo de um local para outro, pois depende de como a secretaria de saúde local realiza o processo.

Como emitir Certificado Nacional de Vacinação Covid-19

O cidadão pode emitir entrando no site ou aplicativo Conecte SUS. Lembrando que o app é gratuito e está disponível para Android e iOS. Realize o login pelo Gov.BR e navegue pela opção “Cidadão” e, em seguida, “Vacinas”. Serão abertas todas as vacinas que foram completadas.

No canto direito da tela, terá a opção de emissão do certificado. Basta salvar ou clicar direto em imprimir para poder ter a versão impressa do documento. O prazo para constar no sistema pode demorar alguns dias. Conforme já adiantamos, depende da logística de cada localidade.

Todavia, alguns municípios possuem certificados próprios que também são oferecidos após ser completado o ciclo de vacinação. No estado de São Paulo, por exemplo, o rodeio de Jaguariúna está tendo a exigência do certificado de imunização para que as pessoas possam ter acesso ao evento.

No estado do Acre, temos outro exemplo da exigência do “passaporte da vacina” em que exige a vacinação para acesso a bares, restaurantes e eventos.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais