Tudo Bahia
Portal de Notícias

Proteínas ajudam a desenvolver o aprendizado; veja 6 alimentos fonte

O consumo de proteínas é de extrema importância para a sua saúde cognitiva, sabia?

É muito comum ouvirmos falar a respeito de carboidratos, fibras, proteínas e outros componentes que fazem parte dos alimentos que consumimos. Quando falamos em proteínas, por exemplo, estamos nos referindo a macromoléculas biológicas que têm um papel fundamental no bom funcionamento do organismo.

Entre as funções das proteínas, podemos destacar a constituição dos nossos músculos e ossos, além do seu papel no sistema imunológico e na produção de diversas reações químicas necessárias para nossas atividades fisiológicas.

Agora, quando o assunto é a saúde do cérebro, sabemos que as proteínas participam das conexões das redes neurais, ou seja: elas ajudam a criar novas sinapses, que é o nome dado ao processo de comunicação entre os neurônios.

Vem daí, portanto, a afirmação de que um bom consumo proteico tem a ver com aspectos relacionados ao aprendizado e à memória.

Quais são os alimentos ricos em proteína?

Para entender melhor a questão, a equipe do Tudo Bahia conversou com a nutricionista Hortência Luz. Formada em Nutrição pela Universidade Federal de Goiás, Hortência explicou que diversos fatores podem influenciar a saúde do cérebro, entre os quais destacou: estresse, carga genética e alimentação.

No quesito alimentação, ela explica que é importante manter uma dieta rica em proteínas, ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 e carboidratos. Entre os alimentos que são naturalmente fontes de proteína, a nutricionista citou:

  1. Ovos;
  2. Carnes vermelhas;
  3. Frango;
  4. Leites e derivados;
  5. Feijão;
  6. Lentilha.

Se você deseja seguir uma dieta que atenda às suas necessidades particulares, o ideal é marcar consulta com uma nutricionista de confiança.

Lembre-se também de que é sempre importante priorizar o consumo de alimentos naturais e ingerir bastante água ao longo do dia para ter mais saúde, disposição e uma melhor capacidade cognitiva.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais