Tudo Bahia
Portal de Notícias

Versões falsas do WhatsApp estão sendo bloqueadas; veja quais são

A decisão do bloqueio se deu após o mensageiro descobrir a existência de aplicativos maliciosos, que são divulgados como alternativas a plataforma oficial.

O Android, sistema operacional do Google, está bloqueando, de forma automática, versões falsas e imitações do WhatsApp. A decisão do bloqueio foi anunciada por Will Catchcart, diretor do mensageiro, em seu perfil do Twitter.

O anúncio foi feito após o WhatsApp descobrir a existência de aplicativos maliciosos, que são divulgados como alternativas ao mensageiro. Geralmente, esses aplicativos são baixados em sites de terceiros, e não pela Play Store, loja de aplicativos do Google.

Segundo Catchcart, o WhatsApp ampliou os recursos de segurança da plataforma e ressaltou que baixar versões falsas ou modificadas do mensageiro não é uma boa ideia.

Normalmente, esses aplicativos oferecem recursos extras aos usuários, como o envio de arquivos pesados e a alteração de corte e fontes da interface, por exemplo.

Ainda de acordo com o executivo, embora as versões falsas da plataforma possam parecer inofensivas, elas podem ser capazes de contornar as garantias de privacidade e segurança.

Para se ter uma ideia, essas versões são usadas para roubar os dados pessoais do usuário que estão armazenados no celular.

Quais são as versões falsas do WhatsApp que estão sendo bloqueadas pelo Google?

As versões falsas e imitações do WhatsApp que estão sendo bloqueadas foram criadas pela empresa HeyMods. Confira a seguir quais são elas:

  • GB WhatsApp;
  • Hey WhatsApp;
  • YoWhatsApp;
  • WhatsApp Plus.

O bloqueio está sendo feito pelo Google Play Protect, sistema que analisa a segurança dos aplicativos para Android. Além do bloqueio, o sistema também tem desativado as versões falsas do WhatsApp que já estão instaladas nos dispositivos serão desativadas.

Esta não é a primeira ação do WhatsApp em relação às suas versões falsas

Em março deste ano, o WhatsApp baniu diversas contas de usuários que utilizavam o WhatsApp GB, versão falsa do mensageiro. Inclusive, após o banimento, muitos usuários não conseguiam sequer criar uma conta na plataforma oficial, já que seus números haviam sido bloqueados do serviço.

Isso ocorreu porque de acordo com os Termos de Serviços do WhatsApp, criar ou utilizar qualquer aplicativo que desempenha a mesma função do mensageiro é uma violação de contrato.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais