Tudo Bahia
Portal de Notícias

Quarentena é flexibilizada em sete estados e DF

A quarentena começa ser flexibilizada e alguns governadores determinaram a abertura de igrejas e shoppings.

Alguns estados brasileiros já tomaram a atitude de afrouxar, desde a semana passada, o isolamento social, que já havia sido em todo o mundo, para conter o avanço da COVID-19. A quarentena é responsável pelo achatamento na curva de infectados nos países.

Ao menos sete estados Brasileiros já iniciaram o afrouxamento, são eles: Tocantins, Sergipe. Goiás, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraíba e Espírito Santo, mais o Distrito Federal. Infectologistas, no entanto, orientam que os planos sejam realizados com cautela.

Em Santa Catarina foi liberado, desde terça-feira (21), o funcionamento de templos e igrejas. A partir de hoje (22), estão autorizados para funcionar shoppings, centros comerciais, galerias, restaurantes e academias. Todos os estabelecimentos, porém, devem seguir as medidas de distanciamento social e higienização recomendadas.

No estado de Goiás, foram liberadas atividades religiosas, salões de beleza e obras civis, por meio de decreto no último domingo (19). Na sexta-feira (17), no estado da Paraíba, foram liberados o funcionamento de óticas, estabelecimentos de produtos hospitalares e concessionárias. Outras recomendações de isolamento social ficam mantidas até 03 de maio.

No Distrito Federal, óticas já estão funcionando há uma semana. Lojas de eletrodomésticos também já mantém suas atividades em andamento e, a previsão é de que demais estabelecimentos sejam abertos a partir do dia 04 de maio.

São Paulo e Rio de Janeiro já planejam abertura gradual

O estado que é o polo econômico brasileiro, São Paulo, já planeja a reabertura gradual da economia pós-quarentena. A previsão é de que o final do isolamento seja no dia 11 de maio e, por isso, deve haver um plano para sua retomada gradual com responsabilidade.

No Rio de Janeiro, amanhã será realizado debate sobre essa flexibilização da quarentena, mas 30 cidades do estado, que não apresentaram casos, já estão com suas atividades sem restrições.

Cuidados fora da quarentena

Com o final do isolamento social e quarentena não significa que as medidas de higiene e distanciamento social devem ser paralisadas, muito pelo contrário. Com o aumento de pessoas nas ruas, esses cuidados devem ser redobrados. Vamos lembrar:

  • Lavar as mãos devem ser um hábito ainda mais constante;
  • Se puder, carregue álcool em gel na bolsa, no carro, etc;
  • Use máscaras higienizadas;
  • Mantenha o distanciamento necessário de outras pessoas;
  • Evite aglomerações.

Requisitos para países deixarem a quarentena, de acordo com a OMS

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) a quarentena não pode ser deixada de lado de um dia para o outro. Muito mais do que isso, essa ação deve ser estudada e tomada com responsabilidade.

Para isso, a Organização ordenou seis critérios para que a quarentena possa ser suspensa:

  • Transmissão controlada;
  • Sistema de saúde capaz de testar e isolar casos;
  • Minimizar surtos em casas de repouso;
  • Administrar importação de casos;
  • Engajamento da comunidade;
  • Prevenção no trabalho e escolas.

Ainda segundo a OMS é importante que o país saiba onde o vírus está, já que é assim que poderá controlá-lo. Porém, afirma que só haverá o fim da crise na saúde, quando obtiver a vacina e entende que o mundo não pode esperar.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais