Tudo Bahia
Portal de Notícias

Saque emergencial do FGTS: trabalhadores têm até DOIS MESES para retirar o benefício

Em razão da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, há a possibilidade de retirar o saque emergencial do FGTS. O procedimento, no entanto, somente poderá ser efetuado até o dia 31 de dezembro de 2020, com saque máximo de até um salário mínimo (R$ 1.045).

Isso quer dizer que os interessados têm até dois meses para sacar o dinheiro em espécie. Findado o prazo previsto, o FGTS emergencial somente será concedido em situações previstas em lei, como:

  • Compra da casa própria;
  • Aposentadoria;
  • Demissão sem justa causa; e
  • Doença grave do trabalhador ou de seus dependentes.

Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre o saque emergencial do FGTS. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site. Veiculamos as principais notícias nacionais e internacionais para que você se mantenha constantemente atualizado!

Saque emergencial do FGTS estará vigente até dezembro de 2020

A liberação do saque emergencial do FGTS foi organizada por lotes, tendo em vista a data de aniversário dos trabalhadores. Dessa maneira, existe uma data específica para o depósito na poupança digital (app Caixa Tem) e outra para os saques em espécie.

De acordo com informação da Caixa, nos casos em que os trabalhadores não queiram sacar o benefício, bastará não efetuar nenhuma movimentação na poupança até o dia 30 de novembro de 2020.

Aqueles que mudarem de ideia, por outro lado, poderá solicitar o dinheiro até o dia 31 de dezembro de 2020, especificamente por meio do app do FGTS (disponível em versões para Android e iOS). O saldo disponível pode ser consultado pelo mesmo aplicativo ou por meio do site da Caixa Econômica Federal.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais