Tudo Bahia
Portal de Notícias

Parcelas do Bolsa Família no Caixa Tem: o que muda? Entenda TUDO aqui

Com a liberação do Bolsa Família no Caixa Tem, os beneficiários vão contar com uma série de novidades. Veja todos os detalhes em nossa matéria.

Até março de 2021, todos os beneficiários do Bolsa Família vão contar com poupanças digitais. O objetivo é de facilitar as movimentações das parcelas pelo aplicativo Caixa Tem, sem a necessidade de realizar saques integrais das cotas.

Conforme cronograma preliminar, as contas sociais serão gradual e automaticamente criadas com base nos números de identificação dos beneficiários (NIS). Os inscritos no Bolsa Família, por meio do app Caixa Tem, vão conseguir consultar saldos, emitir extratos e realizar pagamentos de boletos.

Bolsa Família no Caixa Tem: o que muda?

Com as poupanças sociais digitais, os beneficiários do Bolsa Família poderão acessar suas parcelas pelo celular e sem tarifas adicionais. Veja as principais mudanças:

  • Acesso às parcelas do Bolsa Família sem a necessidade de saques integrais em caixas eletrônicos;
  • Movimentações do dinheiro pelo aplicativo Caixa Tem (R$ 600 por vez, limite diário de R$ 1.200 e mensal de R$ 5.000);
  • Transferências bancárias sem tarifas adicionais;
  • Uso do cartão de débito virtual, que é gerado pelo app Caixa Tem;
  • Pagamento de compras em lojas online;
  • Pagamento em maquininhas de cartão e com QR Code (supermercados e outros estabelecimentos comerciais);
  • Acesso ao aplicativo Caixa Tem com a mesma senha do cartão social (Cidadão ou Bolsa Família);
  • Ainda em etapa de planejamento, a Caixa pretende liberar linha de crédito para pessoas com baixa renda (empréstimos entre R$ 100 e R$ 300).

Bolsa Família no Caixa Tem: o que não muda?

Todos os beneficiários vão contar com contas digitais até março de 2021. No entanto, alguns detalhes ainda continuarão valendo para os inscritos no Bolsa Família. Até porque as poupanças sociais, conforme a instituição bancária, vão ser implementadas como uma alternativa e não como regra absoluta.

Veja o que não mudará após a liberação das contas digitais para os beneficiários Bolsa Família:

  • Não será necessário encaminhar quaisquer documentos para a liberação das poupanças sociais do Caixa Tem. Elas vão ser liberadas automaticamente (entre dezembro de 2020 e março de 2021, conforme NIS dos inscritos no programa); e
  • Os beneficiários poderão continuar sacando as parcelas pelo cartão ‘Cidadão’ ou ‘Bolsa Família’.

Bolsa Família pelo Caixa Tem: quando as contas vão ser liberadas?

  • A partir de dezembro de 2020: inscritos com NIS finais 0 e 9;
  • A partir de janeiro de 2021: inscritos com NIS finais 6, 7 e 8;
  • A partir de fevereiro de 2021: inscritos com NIS finais 3, 4 e 5;
  • A partir de março de 2021: inscritos com NIS finais 1 e 2, além dos grupos populacionais específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua).

Bolsa Família pelo Caixa Tem: como instalar o aplicativo?

Após a liberação das contas digitais, os beneficiários do Bolsa Família poderão movimentar suas cotas pelo Caixa Tem. Confira como instalar o aplicativo em seu celular:

  • Baixe o app Caixa Tem. Ele está disponível para celulares com sistemas Android e iOS. Lembrando que o acesso ao app somente será concedido após a abertura automática das contas digitais;
  • O primeiro cadastro é feito com o CPF e uma senha numérica de seis dígitos. No entanto, inscritos no Bolsa Família poderão usar o mesmo código do cartão social;
  • Pronto! Depois do primeiro acesso pelo Caixa Tem, será preciso apenas tocar no serviço desejado e seguir as instruções indicadas. O app funciona como uma espécie de conversa pelo WhatsApp. Dessa forma, as funcionalidades costumam ser mais intuitivas.

Como gerar cartão do Caixa Tem para Bolsa Família?

Mesmo sem o fornecimento de cartão físico, a Caixa Econômica Federal (CEF) concede alternativas para que os beneficiários realizem transferências e pagamentos pelo app. Todos os usuários têm direito de gerar o cartão de débito virtual. Veja como:

  • Na tela inicial do Caixa Tem, toque em “Cartão Virtual”;
  • Após, vá na opção “Usar agora meu Cartão de Débito Virtual”;
  • Digite a sua senha e toque na imagem para ver as informações geradas (validade e CVV).

Com esses dados, será possível usar as parcelas do Bolsa Família para fazer compras em supermercados ou quaisquer estabelecimentos que aceitem o Caixa Tem. Vale lembrar, no entanto, que o código geralmente funciona durante poucos minutos. Somente será permitido efetuar uma compra por vez.

Quanto aos pagamentos pelas maquininhas de cartão, bastará selecionar a opção pela plataforma. A câmera do celular vai liberar a funcionalidade de maneira automática. Em seguida, será necessário apontar o dispositivo para o QR Code ou o código de barras das maquininhas.

Bolsa Família pelo Caixa Tem: como pagar boletos pelo app?

  • Abra o app Caixa Tem e selecione a opção “realizar pagamentos”;
  • Após, será iniciado um chat automático com todas as opções para concluir o procedimento;
  • Além de inserir o código de barras manualmente, o beneficiário também poderá optar pela leitura automática do boleto bancário. Bastará apenas tocar em “ler código com a câmera”;
  • Feito isso, será necessário apontar a câmera do celular para o código de barras no boleto impresso;
  • Espere pela confirmação de leitura e verifique as informações dispostas na tela. Se estiver tudo nos conformes, finalize a operação;
  • Ao abrir o documento para visualização em tela cheia, aparecerá as opções de compartilhamento. Escolha entre salvar no dispositivo ou encaminhar para um contato.

Como transferir o Bolsa Família pelo Caixa Tem?

Quando as contas forem liberadas, os beneficiários do Bolsa Família também vão conseguir transferir suas parcelas pelo Caixa Tem (via DOC). Saiba como:

  • Abra o aplicativo Caixa Tem e clique na opção “transferir dinheiro”;
  • Escolha se deseja ler QR Code ou digitar os dados do destinatário;
  • Após, escolha o banco desejado;
  • Informe o número da agência e toque em confirmar;
  • Feito isso, digite o número da conta e o respectivo dígito;
  • Escolha o tipo de conta de destino e digite os dados do recebedor;
  • Informe o valor que será transferido;
  • Confirme o prazo de envio;
  • Veja os dados da transferência e toque em “Sim” para confirmar o procedimento;
  • Digite sua senha de acesso para confirmar a operação e clique em “Comprovante” para salvar o documento comprobatório. O dinheiro será transferido no dia posterior.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais