Tudo Bahia
Portal de Notícias

Empréstimo de R$ 15 mil para o Bolsa Família é liberado

Progredir liberou empréstimo de R$ 15 mil para pessoas cadastradas no CadÚnico que sejam empreendedoras ou queiram empreender.

O Governo Federal criou o Progredir, programa que visa a promoção da autonomia das famílias beneficiárias do Bolsa Família e de microempreendedores inscritos no CadÚnido (Cadastro Único). A ação está liberando empréstimo de R$ 15 mil para esses cidadãos.

Segundo as regras do programa, os microempreendedores terão acesso a condições especiais de empréstimo para investir em seus negócios. Foram R$ 4 bilhões liberados para o microcrédito do programa.

Empréstimo de R$ 15 mil

O Progredir oferece o empréstimo de R$ 15 mil para cidadãos inscritos no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal). Para solicitar o microcrédito, o cidadão deve entrar no site do programa, se cadastrar e solicitar o benefício.

Existem dois perfis de empréstimo: para empreendedores e para futuros empreendedores. O formulário preenchido é enviado aos bancos parceiros do microcrédito, depois as instituições financeiras avaliam se o empréstimo é possível.

Qualificação e encaminhamento para mercado de trabalho

O programa, além do empréstimo de R$ 15 mil, ainda oferece qualificação profissional e encaminhamento para o mercado de trabalho. Fortalecendo assim as capacidades individuais dos microempreendedores e gerando mais independência socioeconômica.

O Progredir é coordenado pela Secretaria de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), e atua em três eixos:

  • Intermediação de mão de obra – através da ferramenta para elaboração de currículos; identificação do perfil dos candidatos; cruzamento dos perfis dos candidatos e das vagas de emprego oferecidas por empresas parceiras e encaminhamento para o mercado de trabalho.
  • Qualificação profissional – com cursos profissionalizantes no Pronatec (mais de 1 milhão de vagas); oficinas educação financeira para mais de 100 mil famílias e inclusão digital, com telecentros e bolsas para agentes de inclusão digital.
  • Empreendedorismo – por incentivos para a concessão de até R$ 3 bilhões por ano em microcrédito para as famílias do CadÚnico investirem em pequenos negócios; assistência técnica e inclusão financeira para trabalhadores autônomos inscritos no Cadastro Único.

A expectativa é que com esses recursos mais 1,5 milhões de brasileiros sejam beneficiados e comecem seus próprios negócios. O empréstimo de R$ 15 mil é voltado para cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

Para conter o risco da inadimplência, se um dos beneficiários do empréstimo de R$ 15 mil não cumprir com suas obrigações, todos os outros devem pagar pelo valor. Com isso, a inadimplência ficou em 1% das operações.

O CadÚnico é feito nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) de todos os municípios, para se cadastras basta ir até o da sua cidade portando os seguintes documentos: CPF e titulor de eleitor. Em caso de cadastro familiar é necessário levar os documentos de todos os membros da família.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais