Tudo Bahia
Portal de Notícias

Abono PIS/Pasep tem R$ 208 mi ‘esquecidos’: veja como solicitar

Confira aqui se você tem direito a uma fatia desse valor.

Mesmo com as dificuldades que o trabalhador vem enfrentando nos últimos anos, cerca de R$ 208 milhões referentes ao abono do PIS/Pasep (ano-base 2019) estão esquecidos. Isso aconteceu, porque, aproximadamente, 320 mil trabalhadores não realizaram o saque no calendário regular em 2021.

Por esse motivo, foi aberta a possibilidade de requisição desse dinheiro, sendo que o valor pode chegar a R$ 1.212,00 por pessoa.

Veja na sequência informações mais detalhadas:

Para ter direito, é preciso

  • Ter trabalhado com carteira assinada, por no mínimo 30 dias, em 2019;
  • Ser cadastrado na Rais ou no eSocial;
  • Não ter recebido, em média, valores acima de dois salários mínimos;
  • Ser cadastrado junto ao PIS ou Pasep há, pelo menos, cinco anos;
  • Não ter realizado o saque dos recursos no calendário regular de pagamento.

Como receber o dinheiro

  • Usando o App da Carteira de trabalho (Android ou iOS), clicando na opção “Benefícios” e, depois, escolhendo “Abono PIS/Pasep”;
  • Enviando um email para trabalho.uf@economia.gov.br. Nesse caso deve-se trocar o “uf” que fica antes da arroba pela sigla no seu estado. Por exemplo, se você mora no Espírito Santo, o email seria trabalho.es@economia.gov.br;
  • Através da “Central Alô Trabalhador”, pelo telefone 158. Nesse caso, seus dados pessoais serão solicitados, então já pode separar seus documentos.

Se a tecnologia não for o seu forte e você não conseguir acessar os meios digitais, também é possível realizar o pedido de reemissão presencialmente. Basta dirigir-se a uma unidade da Superintendência do Ministério do Trabalho.

É importante destacar que esses R$ 208 milhões não têm qualquer relação com os valores do PIS/PASEP ano-base 2020, pois esses foram pagos entre fevereiro e março de 2022.

Também não devem ser confundidos com os valores do abono esquecidos por trabalhadores que estiveram ativos entre 1971 e 1988 (cotas PIS/PASEP).

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais