Tudo Bahia
Portal de Notícias

Maior cometa já identificado continua em direção à Terra; entenda

Mas não há motivo para preocupação, já que o cometa não deverá atravessar a atmosfera terrestre.

O maior cometa já identificado está vindo em direção à Terra a uma velocidade de 35,4 mil km/h. Com um núcleo de 136 quilômetros de diâmetro, uma massa de 500 trilhões de toneladas e com um tamanho que equivale ao de 15 montes Everest, o cometa está seguindo em direção ao Sol, na órbita da Terra, conforme informações da Nasa.

De acordo com estudos, o maior cometa já identificado começou a sua viagem pelo universo há mais de 1 milhão de anos, tendo como ponto de partida a Nuvem de Oort, localizada na área mais distante do Sistema Solar, formada por corpos rochosos ou de gelos. Acredita-se, inclusive, que ela seja uma espécie de berço de cometas.

O Bernardinelli – Bernstein, assim chamado em homenagem aos cientistas que o identificaram, ainda está o longe da Terra. Mas, viajando a uma velocidade de 35,4 km/h, deve se aproximar do planeta por volta de 2031.

O cometa deve passar pelas órbitas de Saturno e Urano, planetas que estão entre os mais afastados do Sol. Por isso, não há motivo para preocupação, já que o cometa não deverá atravessar a atmosfera terrestre.

O Bernardinelli – Bernstein foi observado no Observatório Interamericano Cerro Tololo, no Chile, em 2014. Na época, ele chegou a ser confundido com um planeta anão, como Plutão, porque encontrar um cometa com as dimensões do cometa em questão é extremamente raro, já que o núcleo dele é cerca de 50 vezes maior que a média dos corpos celestes da mesma categoria.

Um fato interessante da descoberta é que um brasileiro, o astrônomo Pedro Bernadinelli, foi um dos responsáveis por identificar o cometa. Ele conduziu as pesquisas ao lado do cientista americano Gary Bernstein, que também dá nome ao corpo celeste

Para confirmar o tamanho do cometa, a dupla de astrônomos utilizou telescópios terrestres e espaciais, incluindo o Hubble. Agora, novas imagens comprovaram que o Bernardinelli-Bernstein é realmente o maior cometa já registrado até o momento.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais