Tudo Bahia
Portal de Notícias

Como conquistar o amor de um gato? Veja 5 dicas valiosas

Pode parecer difícil, mas não é impossível conseguir conquistar o coração de um felino.

Os gatos vêm se tornando cada vez mais populares, pois costumam ser relacionados com independência, higiene e facilidade no cuidado. Tudo isso pode ser verdade, mas alguns tutores acabam ficando frustrados porque não sentem que os seus animais de estimação retribuem o carinho como esperado.

Justamente por serem mais independentes, os bichanos podem ter mais dificuldade para se ligar à sua família humana. Pensando em ajudar quem está passando por esse começo de relação um pouco conturbada, separamos cinco dicas valiosas que ajudarão você e sua família a conquistar o amor do gatinho:

1. Reforço positivo

Faça com que sua presença seja sempre ligada a uma experiência positiva para o animal. Então, toda vez que o gato se aproximar de você, dê carinho, brinque com ele e dê um pouco de petisco.

2. Não force a amizade

Os gatos não gostam de se sentirem encurralados. Por isso, não fique “caçando” seu pet para dar carinho ou pegar no colo, espere que ele se aproxime de você e siga o ritmo das necessidades dele por carinho e atenção.

3. Não brigue muito com seu gato

Foque sempre em reforçar os comportamentos desejados com petiscos, elogios e carinhos. Caso precise reprimir um comportamento, evite relacionar sua presença à punição. Por exemplo, coloque fita dupla-face numa mesa que o bichano não pode subir.

Assim, quando ele tentar, sentirá um enorme desconforto, porém sem fazer qualquer ligação com o tutor.

4. Deixe o ambiente divertido

Invista em arranhadores, brinquedos e outras coisas que tornem o ambiente no qual vocês mais convivem interessante. Porque, ao se sentir bem perto de você, ele irá ligar sua presença ao divertimento.

5. Tenha paciência

Cada animal tem um tempo diferente, por isso, tente não se sentir frustrado e pense que quanto mais tempo o amor entre vocês demorar para ser construído, mais forte ele será;

Em caso de dúvida, ou de comportamentos excessivamente agressivos ou arredios, não demore a procurar uma médica veterinária, pois ela pode ajudar muito no desenvolvimento da amizade entre humano e felino.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais