Tudo Bahia
Portal de Notícias

Confira 5 cachorros fofos e de pequeno porte para apartamentos

Para quem não abre mão de uma companhia mesmo com pouco espaço.

Quando o ser humano domesticou os cachorros, há milhares de anos, nossa vida era muito diferente. Vivíamos muito mais próximos à natureza, com muito trabalho físico e expostos a diversos riscos, por isso os primeiros cães, provavelmente, foram desenvolvidos para guarda e trabalho (principalmente caça e pastoreio).

Nesses primeiros tempos, nossos ancestrais já perceberam que era fácil amar esses companheiros de quatro patas, tanto que hoje encontramos várias sepulturas antigas nas quais o tutor foi enterrado junto com seu bichinho.

Podemos ter mudado muito o estilo de vida, principalmente morando em espaços cada vez menores, porém o carinho que sentimos por esses animais continua o mesmo. Então, para quem não quer abrir mão dessa relação milenar de amor, listamos a seguir cinco cachorros fofos e de pequeno porte para apartamentos:

1. Maltês

Um peludinho totalmente branco, ele tem muita energia e é muito sociável. Só precisa de muita atenção, porque é importante fazer muitas atividades para evitar um tédio destrutivo, além de trabalhar muito bem a questão da ansiedade por separação.

2. Lhasa Apso

Muito fofo e com pelagem longa, precisa de cuidados constantes com a estética, principalmente para evitar que os pelos acabem se embaraçando muito. Seu temperamento é marcado por uma grande lealdade com sua família humana e por adorar crianças.

3. Cavalier King Charles Spaniel

A tranquilidade e a beleza são as características mais chamativas dessa raça. Ela também se dá muito bem com crianças, visitas e outros cachorros, além de ser muito apegado aos donos e um companheiro sem igual.

4. Spitz Alemão

Também chamado de Lulu da Pomerânia, ele possui cinco tamanhos, então para apartamento é melhor escolher o menor de todos. Cachorros dessa raça são muito brincalhões e ativos, justamente por isso costumam latir bastante.

5. Dachshund

Esses cães adoram passear e brincar. São muito apegados à sua família humana, odeiam ficar sozinhos e têm um forte instinto de proteção.

E não se esqueça, antes de decidir-se por qualquer raça, converse com uma médica veterinária de confiança para se preparar para receber esse novo membro da família.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais