Tudo Bahia
Portal de Notícias

Unhas quebradiças: saiba qual é a causa e como resolver esse problema

As unhas quebradiças podem estar relacionadas a diversos fatores. Saiba alguns deles e como proteger suas unhas.

As unhas quebradiças são aquelas que quebram ou lascam com facilidade. Essa alteração pode estar relacionada a diversos fatores, como o envelhecimento natural, excesso de manicure, remoção de unhas em gel e como uma consequência de alergias a produtos como esmaltes e produtos de limpeza.

A fragilidade nas unhas também pode ser causada por anemia, falta de ácido fólico e vitaminas A, B 12 ou C no organismo, e, ainda, por má circulação ou até mesmo doenças como hipotireoidismo e hipertireoidismo.

Para resolver esse problema, é preciso adotar cuidados básicos no dia a dia. Confira, a seguir, alguns desses cuidados para proteger suas unhas e deixá-las mais saudáveis.

1. Usar creme hidratante nas mãos e unhas

Um cuidado básico para proteger suas unhas é manter as mãos sempre hidratadas, com cremes específicos para unhas quebradiças. A hidratação, aliada a outros cuidados, pode ajudar a reduzir o risco de escamação e evitar a quebra constante das unhas.

2. Utilizar luvas para usar produtos de limpeza

Utilizar luvas na hora de realizar faxinas evita que os produtos de limpeza entrem em contato direto com as unhas e, por consequência, sua quebra.

3. Ter uma alimentação saudável

Como as unhas quebradiças podem ser causadas pela falta de alguns nutrientes no organismo, a dica é ter uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas.

Vale incluir nas refeições alimentos como ovo, frutas, carnes, leite e folhas verde-escuras. Além disso, alimentos que sejam ricos em vitaminas A e B5, cálcio, zinco, selênio, ferro e proteína.

4. Usar base fortalecedora

Usar uma boa base fortalecedora pode ser aliado para melhorar as unhas quebradiças, uma vez que o produto age na nutrição, desde a base da unha até a ponta.

Recado importante: os cuidados aqui listados não substituem uma consulta com um dermatologista. Portanto, em caso de dúvidas, procure um bom profissional.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais