Tudo Bahia
Portal de Notícias

Chá com várias ervas pode fazer mal à saúde? Nutricionista explica

Você possivelmente já viu alguns influenciadores sugerindo o consumo de chás com muitas ervas, mas será que a bebida faz bem?

É muito comum que as pessoas acreditem que chás naturais não fazem mal, mas é preciso entender que mesmo que a bebida seja preparada apenas com ingredientes naturais, ela pode representar risco, especialmente quando o consumo é excessivo e feito sem qualquer tipo de acompanhamento nutricional.

Para explicar melhor essa questão, a equipe do Tudo Bahia pediu a ajuda da nutricionista Anna Karolina de Medeiros Costa. Formada em Nutrição pela PUC-GO, Anna Karolina tem pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional e, atualmente, atende em um consultório no Hospital Unique.

Lá, ela também faz parte da equipe clínica que atende pacientes após a cirurgia bariátrica.

Faz mal tomar chá com várias ervas?

Conforme nos explicou a nutricionista, depende de quais ervas foram utilizadas para o preparo desses chás. Ela ressalta que essa mistura de plantas diferentes resulta em uma mistura de propriedades, “gerando um sinergismo, o que pode causar grandes efeitos no indivíduo”.

Justamente por isso, Anna recomenda que as pessoas não usem diversos tipos de ervas para preparar a bebida. De acordo com ela, o ideal é no máximo duas ou três plantas diferentes, sempre em forma de infusão.

A nutricionista nos lembra de que, quando falamos em alimentação, não existe uma fórmula mágica, pois cada pessoa tem necessidades diferentes. Ela reforça que o mais importante é entendermos que não há um alimento que, sozinho, faça muito bem ou muito mal à saúde.

O essencial, segundo ela, é que as pessoas aprendam a ter um contexto alimentar saudável, ou seja: ter uma alimentação colorida. Isso significa consumir produtos ricos em compostos antioxidantes e anti-inflamatórios, como frutas, verduras, legumes, ovos, carnes magras e outros alimentos que são considerados “comida de verdade”.

Por isso, deixe aqueles produtos ricos em açúcar, gordura e conservantes para o consumo eventual. Na maior parte das suas refeições, faça escolhas saudáveis e dê preferência aos alimentos naturais, integrais e magros. Assim, com equilíbrio, a saúde fica em dia.

Lembre-se de que esses textos que publicamos sobre hábitos alimentares têm caráter apenas informativo. Se você quiser seguir uma dieta específica, o ideal é marcar uma consulta com um profissional da área de Nutrição.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais