Tudo Bahia
Portal de Notícias

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial; veja aqui

A Caixa Econômica Federal continua efetuando os pagamentos do auxílio emergencial no valor de R$ 600 e R$ 300. A previsão é de que os depósitos em poupança digital sejam efetuados até 29 de dezembro de 2020.

Como as datas de pagamento são diretamente impactadas de acordo com o mês no qual o cidadão começou a receber o benefício, é importante ficar atento ao calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial, já que as datas são distintas.

No próximo dia 22/11, serão iniciados os pagamentos da 8ª parcela do auxílio emergencial para os beneficiários que começaram a receber em abril de 2020. Até agora, o governo já investiu mais de R$ 200 bilhões em pagamentos do auxílio emergencial. A previsão é de esse valor chegue aos R$ 330 bilhões.

Quantas parcelas do auxílio emergencial posso receber?

A extensão do auxílio emergencial será paga da seguinte forma: 

  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto terá quatro parcelas de R$ 300: 7ª termina de ser paga dia 20 de novembro; 
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em setembro terá três parcelas de R$ 300: 6ª termina de ser paga dia 20 de novembro; 
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em outubro terá duas parcelas de R$ 300: está terminando de receber a 5ª e começará a receber a 6ª cota dia 22 de novembro; 
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em novembro terá uma parcela de R$ 300: irá receber 4ª e 5ª juntas a partir de 16 de novembro e a 6ª cota em dezembro. 

Novas regras para pagamento do auxílio emergencial

A Medida Provisória que autorizou a extensão do benefício até dezembro de 2020 também publicou novas regras que retiravam pessoas da lista de cadastrados. Dessa forma, não podem receber as novas cotas quem:

  • Tenha vínculo de emprego formal ativo adquirido após o recebimento do auxílio emergencial de que trata o art. 2º da Lei nº 13.982, de 2020;
  • Tenha obtido benefício previdenciário ou assistencial ou benefício do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal após o recebimento do auxílio emergencial de que trata o art. 2º da Lei nº 13.982, de 2020, ressalvados os benefícios do Programa Bolsa Família;
  • Aufira renda familiar mensal per capita acima de meio salário-mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários mínimos;
  • Seja residente no exterior;
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos);
  • Tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, incluída a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00 (trezentos mil reais);
  • No ano de 2019, tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000,00 (quarenta mil reais); 
  • Tenha sido incluído, no ano de 2019, como dependente de declarante do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física enquadrado nas hipóteses previstas nos incisos V, VI ou VII, na condição de: cônjuge; companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos; ou filho ou enteado (com menos de vinte e um anos de idade ou com menos de vinte e quatro anos de idade que esteja matriculado em estabelecimento de ensino superior ou de ensino técnico de nível médio);
  • Esteja preso em regime fechado;
  • Tenha menos de dezoito anos de idade, exceto no caso de mães adolescentes; e
  • Possua indicativo de óbito nas bases de dados do Governo federal, na forma do regulamento.

Importante: mães solteiras chefes de família continuam tendo direito aos pagamentos do auxílio emergencial dobrado. Ou seja, aquelas que ainda estão recebendo o valor original contarão com R$ 1.200. Enquanto as que já estão entre os recebedores das parcelas residuais conseguirão R$ 600.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a comentar que o auxílio emergencial pode voltar em 2021, caso o país tenha uma segunda onda de COVID-19. Segundo informações, essa prorrogação em 2021 poderia custar mais de R$ 15 bilhões.

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial para quem recebeu a primeira cota em abril

8ª parcela para quem recebeu a primeira cota em abril

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro22/1119/12
Nascidos em fevereiro23/1119/12
Nascidos em março25/1104/01 (2021)
Nascidos em abril27/1106/01 (2021)
Nascidos em maio29/1111/01 (2021)
Nascidos em junho30/1113/01 (2021)
Nascidos em julho02/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto04/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro06/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro09/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro11/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro12/1227/01 (2021)

9ª parcela para quem recebeu a primeira cota em abril

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro13/1219/12
Nascidos em fevereiro13/1219/12
Nascidos em março14/1204/01 (2021)
Nascidos em abril16/1206/01 (2021)
Nascidos em maio17/1211/01 (2021)
Nascidos em junho18/1213/01 (2021)
Nascidos em julho20/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto20/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro21/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro23/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro28/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro29/1227/01 (2021)

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial para quem recebeu a primeira cota em maio

6ª parcela para quem recebeu a primeira cota em maio

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro30/1007/11
Nascidos em fevereiro04/1107/11
Nascidos em março05/1114/11
Nascidos em abril06/1121/11
Nascidos em maio08/1121/11
Nascidos em junho11/1124/11
Nascidos em julho12/1126/11
Nascidos em agosto13/1128/11
Nascidos em setembro15/1128/11
Nascidos em outubro16/1101/12
Nascidos em novembro18/1105/12
Nascidos em dezembro20/1105/12

7ª parcela para quem recebeu a primeira cota em maio

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro22/1119/12
Nascidos em fevereiro23/1119/12
Nascidos em março25/1104/01 (2021)
Nascidos em abril27/1106/01 (2021)
Nascidos em maio29/1111/01 (2021)
Nascidos em junho30/1113/01 (2021)
Nascidos em julho02/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto04/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro06/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro09/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro11/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro12/1227/01 (2021)

8ª parcela para quem recebeu a primeira cota em maio

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro13/1219/12
Nascidos em fevereiro13/1219/12
Nascidos em março14/1204/01 (2021)
Nascidos em abril16/1206/01 (2021)
Nascidos em maio17/1211/01 (2021)
Nascidos em junho18/1213/01 (2021)
Nascidos em julho20/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto20/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro21/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro23/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro28/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro29/1227/01 (2021)

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial para quem recebeu a primeira cota em junho

5ª parcela para quem recebeu a primeira cota em junho

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro e fevereiro16/1126/11
Nascidos em março e abril18/1101/12
Nascidos em maio e junho20/1103/12
Nascidos em julho e agosto23/1108/12
Nascidos em setembro e outubro27/1110/12
Nascidos em novembro e dezembro30/1115/12

6ª parcela para quem recebeu a primeira cota em junho

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro22/1119/12
Nascidos em fevereiro23/1119/12
Nascidos em março25/1104/01 (2021)
Nascidos em abril27/1106/01 (2021)
Nascidos em maio29/1111/01 (2021)
Nascidos em junho30/1113/01 (2021)
Nascidos em julho02/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto04/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro06/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro09/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro11/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro12/1227/01 (2021)

7ª parcela para quem recebeu a primeira cota em junho

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro13/1219/12
Nascidos em fevereiro13/1219/12
Nascidos em março14/1204/01 (2021)
Nascidos em abril16/1206/01 (2021)
Nascidos em maio17/1211/01 (2021)
Nascidos em junho18/1213/01 (2021)
Nascidos em julho20/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto20/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro21/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro23/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro28/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro29/1227/01 (2021)

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial para os que se cadastraram entre os dias 17 de junho e 04 de julho de 2020

4ª/5ª parcelas para os que se cadastraram entre os dias 17 de junho e 04 de julho de 2020

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro e fevereiro16/1126/11
Nascidos em março e abril18/1101/12
Nascidos em maio e junho20/1103/12
Nascidos em julho e agosto23/1108/12
Nascidos em setembro e outubro27/1110/12
Nascidos em novembro e dezembro30/1115/12

Calendário de todas as parcelas do auxílio emergencial para os que se cadastraram via Correios entre 08 de junho e 02 de julho de 2020

4ª/5ª parcelas para os que se cadastraram via Correios entre os dias 08 de junho e 02 de julho de 2020

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro e fevereiro16/1126/11
Nascidos em março e abril18/1101/12
Nascidos em maio e junho20/1103/12
Nascidos em julho e agosto23/1108/12
Nascidos em setembro e outubro27/1110/12
Nascidos em novembro e dezembro30/1115/12

Calendário de todas as parcelas do auxílio emergencial para quem recebeu a primeira cota em junho

6ª parcela para quem recebeu a primeira cota em junho

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro22/1119/12
Nascidos em fevereiro23/1119/12
Nascidos em março25/1104/01 (2021)
Nascidos em abril27/1106/01 (2021)
Nascidos em maio29/1111/01 (2021)
Nascidos em junho30/1113/01 (2021)
Nascidos em julho02/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto04/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro06/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro09/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro11/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro12/1227/01 (2021)

7ª parcela para quem recebeu a primeira cota em junho

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro13/1219/12
Nascidos em fevereiro13/1219/12
Nascidos em março14/1204/01 (2021)
Nascidos em abril16/1206/01 (2021)
Nascidos em maio17/1211/01 (2021)
Nascidos em junho18/1213/01 (2021)
Nascidos em julho20/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto20/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro21/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro23/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro28/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro29/1227/01 (2021)

Calendário para os que contestaram o auxílio entre os dias 20 de julho a 25 de agosto de 2020

2ª parcela para os que contestaram o auxílio entre os dias 20 de julho a 25 de agosto de 2020

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro30/1007/11
Nascidos em fevereiro04/1107/11
Nascidos em março05/1114/11
Nascidos em abril06/1121/11
Nascidos em maio08/1121/11
Nascidos em junho11/1124/11
Nascidos em julho12/1126/11
Nascidos em agosto13/1128/11
Nascidos em setembro15/1128/11
Nascidos em outubro16/1101/12
Nascidos em novembro18/1105/12
Nascidos em dezembro20/1105/12

3ª parcela para os que contestaram o auxílio entre os dias 20 de julho a 25 de agosto de 2020

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro22/1119/12
Nascidos em fevereiro23/1119/12
Nascidos em março25/1104/01 (2021)
Nascidos em abril27/1106/01 (2021)
Nascidos em maio29/1111/01 (2021)
Nascidos em junho30/1113/01 (2021)
Nascidos em julho02/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto04/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro06/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro09/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro11/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro12/1227/01 (2021)

4ª e 5ª parcelas para os que contestaram o auxílio entre os dias 20 de julho a 25 de agosto de 2020

Mês de aniversário (beneficiário)Data para depósito em poupança digitalData para liberação de saques
Nascidos em janeiro13/1219/12
Nascidos em fevereiro13/1219/12
Nascidos em março14/1204/01 (2021)
Nascidos em abril16/1206/01 (2021)
Nascidos em maio17/1211/01 (2021)
Nascidos em junho18/1213/01 (2021)
Nascidos em julho20/1215/01 (2021)
Nascidos em agosto20/1218/01 (2021)
Nascidos em setembro21/1220/01 (2021)
Nascidos em outubro23/1222/01 (2021)
Nascidos em novembro28/1225/01 (2021)
Nascidos em dezembro29/1227/01 (2021)

Calendário com todas as parcelas do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família

Os pagamentos das parcelas do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família seguem conforme o final do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários.

8ª parcela para os inscritos no Bolsa Família

Data do pagamentoBeneficiário do Bolsa Família
17 de novembroNIS final 1
18 de novembroNIS final 2
19 de novembroNIS final 3
20 de novembroNIS final 4
23 de novembroNIS final 5
24 de novembroNIS final 6
25 de novembroNIS final 7
26 de novembroNIS final 8
27 de novembroNIS final 9
30 de novembroNIS final 0

9ª parcela para os inscritos no Bolsa Família

Data do pagamentoBeneficiário do Bolsa Família
10 de dezembroNIS final 1
11 de dezembroNIS final 2
14 de dezembroNIS final 3
15 de dezembroNIS final 4
16 de dezembroNIS final 5
17 de dezembroNIS final 6
18 de dezembroNIS final 7
21 de dezembroNIS final 8
22 de dezembroNIS final 9
23 de dezembroNIS final 0

Ampliação do Bolsa Família

O governo vem estudando a possibilidade de realizar uma ampliação do Bolsa Família. De acordo com o jornal O Globo, Bolsonaro irá desistir do Renda Cidadã e focará no Bolsa Família. Por isso, a equipe econômica está estudando maneiras de transformar o programa de transferência de renda atual.

Além de incluir mais pessoas no Bolsa Família, existe a ideia de aumentar os valores por quesitos de meritocracia. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, chamou as mudanças previstas de “portas de entrada e saída”.

O governo quer criar benefícios como o auxílio-creche que concederá mais dinheiro para as famílias que tiverem estudantes com bom desempenho escolar nas áreas de ciências e tecnologia ou que tiverem destaque nas atividades esportivas. Para o auxílio-creche, pretende-se destinar R$ 5,1 bilhões para 8 milhões de crianças em todo o país.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais