Tudo Bahia
Portal de Notícias

Contas de luz podem ser parceladas em até 12 vezes pelo próprio WhatsApp

É inegável que os índices de inadimplência aumentaram significativamente com os efeitos da pandemia de coronavírus e seu impacto na economia. Famílias com renda menor e mais vulneráveis economicamente são as que mais sofrem com a crise. Com isso, até mesmo gastos com contas de luz foram vilões.

A Energisa, que é holding de capital aberto composta por 18 empresas, sendo a maioria (13) de distribuição de energia elétrica, garante que os débitos dos clientes poderão ser parcelados em até 12 parcelas. A ação busca reduzir a explosão de inadimplência nas contas de luz e, assim, facilitar o pagamento para os clientes que utilizam rede baixa (residências e pequenos comércios).

Outro fator que contribuiu, diretamente, para a abertura de negociações são as previsões de endividamento, especificamente a partir da elevação da taxa na bandeira 2 após reajuste. A crise hídrica foi uma das molas propulsoras para que ocorresse o reajuste. Conta-se a isso algumas políticas econômicas tomadas pelo governo.

Parcelamento conta de luz via WhatsApp

Um dos muitos meios de realizar a negociação da dívida nas contas de luz é por meio do WhatsApp. Basta utilizar o número disponibilizado de acordo com a empresa concessionária de energia de cada região e digitar “Parcelamento”. Para quem mora na Bahia, por exemplo, o WhatsApp é (71) 3370-6350. Vale ressaltar que esse não é o único serviço disponível no aplicativo de conversa.

No caso de negociação da dívida de contas de luz, existe uma necessidade de utilização de cartão de crédito. As empresas Light e CPFL, concessionárias de energia no Sul e Sudeste do país, com forte atuação em Rio Grande do Sul e São Paulo, respectivamente, realizam a renegociação de dívidas acima de R$ 2 mil.

Outro gigante dos serviços de distribuição de energia elétrica é o Grupo Neoenergia que atua no Distrito Federal e outros 18 estados e também tem realizado a negociação de dívidas com os clientes. A Enel firmou uma parceria com a empresa de marketplace PicPay e consegue realizar os parcelamentos direto nesta plataforma.

Através do pagamento parcelado pelo PicPay é possível recuperar até 40% do valor, o famoso cashback. Todavia, é importante frisar que esta promoção e parceria entre a Enel e o PicPay abrange apenas os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Goiás.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais